» mais
Romildo Gonçalves
F07a3d3f5a04b889a49aed648a10b031
Quinta, 27 de março de 2014, 20h59

Carne de jumento uma iguaria a mais! Porque não?

Carne de jumento=jegue=burro=asno=jerico=cavalo, é mais uma carne vermelha no mercado, saudável como qualquer outra carne vermelha. Se incorporada ao cardápio dos brasileiros trará mais proteína e sustância a todos. É um acréscimo, uma opção a mais de alimento saudável e disponível, oriundas de animais domesticados no país inteiro, então porque não utilizá-la? .

Desde tempos idos a utilização de carne de Eqüídeos na alimentação humana tem sido bastante comum e salutar, em países como França, Reino Unido, Bélgica, Itália, Japão, Holanda... É censo comum. Agora o Brasil começa a saboreá-la, porque não? Desde que criado, alimentado e abatido sobre rigoroso controle fitossanitário, em frigoríficos, higienizado, refrigerado conforme determina a lei nº. 7.291/84. É sem duvidas mais um importante alimento na mesa, a ser saboreada.

A celeuma criada recentemente no município de Apodi, Rio Grande do Norte, sobre a utilização de carne de jumento, é mais uma questão de cultura do que de sabor. Imaginem um filé ao molho madeira, um filé ao molho branco, um escondidinho de carne, um churrasco... De acordo com o promotor de justiça Silvio Brito, do município de Apodi, Rio Grande do Norte, “A carne de jumento é segura, sadia e saudável, tratada em conforme com as normas do ministério da saúde e da agricultura”.

Como se vê, o burro é uma espécie de fácil adaptação, sobrevivem em ambientes rústicos, é de fácil manejo, procriam com facilidade. Além de ser uma alternativa viável de criação, especialmente para o nordeste brasileiro. É uma importante fonte de proteína na alimentação humana, seja para o consumo interno ou para exportação de carne in natura ou embutido.

Para os ongueiros e ambientalistas de plantão, preocupados com a possibilidade de extinção da espécie caso seja permitida seu uso. Alerto, não se aflijam, polemica a parte. O que não falta nesse país é burro! Aliás, cabe aqui aclarar que: no Brasil, o termo "burro" pode designar não a espécie Equus africanus asinus, mas o cruzamento entre essa espécie e a Equus ferus caballus=cavalo, quando resulta num animal de gênero macho, quando esse cruzamento resulta num espécime fêmea, é designado como "burra" ou "asna".

Sua origem está ligada a 'Abissínia', onde era conhecido como 'onagro' ou burro selvagem. O nome "burro", veio do Latim burrus, que quer dizer vermelho. Acredita-se que foi daí que surgiu a crença de que burro são pouco inteligentes, antigamente, os dicionários tinham capas vermelhas, dando a idéia de que os burros eram sedentos de saber. É, né, pois, é! Vermelho? No Brasil, chamar alguém de burro é uma ofensa. Um indivíduo burro é pouco inteligente, estúpido, teimoso, ignorante, com pouco entendimento, sem criatividade...

O cavalo do Latim=caballus, é um mamífero hipomorfo, da ordem dos ungulados, uma das três subespécies modernas da espécie Equus ferus. A denominação para as fêmeas é égua. Esse grande ungulado é membro da mesma família dos asnos e das zebras, a mesma dos eqüídeos. Todos os sete membros da família dos eqüídeos são do mesmo gênero, Equus, podendo se relacionar, pertence à ordem dos perissodátilos, sendo por isso parentes dos rinocerontes e dos tapires, ou antas. É, né, pois, é! Vivendo e aprendendo, e não apreendendo!

Voltando a celeuma ocorrida no município de Apodi, no Estado do Rio Grande do Norte, onde o promotor de justiça local Silvio Brito, querendo incentivar, a população humana a comer carne de jumento=burro=asno=jegue... Como queira. Na prática ele ponta uma alternativa a mais ao cardápio local, regional, nacional, seguindo o que se faz em boa parte do mundo, mas.

Eu particularmente só posso parabenizá-lo, e desejar-lhe sucesso caro Silvio. Vejo que V.S.ª. Encontra-se a frente de seu tempo nessa remota região. Por outro lado, há que se avaliar, se o refugo da população humana a carne do animal, não seja porque ela é carne vermelha, e a cor vermelha a população já sabe o que significa. Não, é mesmo?

Romildo Gonçalves é Biólogo é Mestre em Educação e Meio Ambiente, Perito ambiental em fogo florestal. romildogoncalves@hotmail.com
MAIS COLUNAS DE: Romildo Gonçalves

» ver todas

Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114