» mais
Marcos Bidoia
2ab93cf294a758caee558a736f1c11aa
Sábado, 27 de setembro de 2014, 14h26

Presentes no despertar

... (para quando despertar)

É madrugada e dormes. Longe
E não durmo. Velo teu sono.
À distância. De longe.

Com o que presentear-te pela manhã?

Carinhos não posso, a distância impossibilita.

Rosas, adornos, frutas raras, geléias e pães fresquinhos também não.

Darei minhas palavras.

Leia! Como se falasse em teus ouvidos em teu sono.

Enquanto longe dormes meu medo não deixa que eu durma.

Tenho medo.

Que nunca mais acordes.

Que morras. Ai, dor!

Num espasmo cardíaco noturno, sem minhas massagens em seu peito, seus seios.

Numa apinéia sem minha boca em respiração com a sua.

Não durmo enquanto dormes. Velo teu sono.

Saia do sono, sonho, amor.

Princesa em sono sem maçãs.

Meu pesadelo é que tenhas pesadelos.

E sofras.

Acorde, amor, acorde. Respire.

Dormes, insatisfeita. Quiçá pela minha ausência.

Nao durmo, insatisfeito. Sim, certo que pela sua ausência.

Mas irás despertar. Eu peço muito sempre pelo seu despertar.

E darás um sorriso.

Como sempre.

E então? ??

Com o que te presentear pela manhã

Em agradecimento pelo seu sempre despertar?

O que dar a Deus pela sua vida?

Sacrificar mansos cordeiros?

Ou sacrificar-me como o manso na cruz?

(em Cáceres - MT), 27/09/14. 15' oD

Marcos Bidoia é vendedor de parafusos e ferramentas em Primavera do Leste - Mato Grosso.... E filho de José Bidóia, o poeta das estradas.
MAIS COLUNAS DE: Marcos Bidoia

» ver todas

Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114