» mais
Comentar           Imprimir
Cidade
Quinta, 11 de maio de 2017, 21h35

Eletronorte investe R$45 milhões em ampliação de Subestação em Cuiabá


.

A Eletrobras Eletronorte está investindo R$ 45 milhões na ampliação da Subestação Coxipó, localizada em Cuiabá. A conclusão do empreendimento está prevista para janeiro de 2020 e beneficiará os consumidores da Baixada Cuiabana, por meio da disponibilização de 150 MVA a mais, para a distribuição.

O empreendimento está em fase de obras civis e fabricação de equipamentos e na próxima semana deve ser finalizada a concretagem da caixa separadora de óleo com capacidade de 60 mil litros, atendendo a requisitos ambientais. Na primeira quinzena de maio, foram construídas as bases do transformador e dos bays de 230 kV, e o primeiro autotransformador entrou em fase final de fabricação, com entrega prevista para julho. A primeira etapa deve ser concluída em dezembro de 2017.

Ao todo, serão substituídos três transformadores monofásicos de 100 MVA cada, por três autotransformadores trifásicos de 150 MVA, bem como a instalação de uma unidade trifásica de 230/138/13,8 kV – 150MVA como reserva fria, acrescentando portanto, 150 MVA na capacidade de transformação da Subestação Coxipó, que passará de 500 para 650MVA.

De acordo com o gerente da Divisão de Obras e Transmissão Oeste (EETEO) da Eletronorte, Hélio Monti, essa ampliação possibilita maior disponibilização de energia elétrica à distribuidora, e consequentemente aos consumidores. "A Subestação Coxipó é uma unidade estratégica que atende toda a baixada Cuiabana, região constituída por mais de 40 municípios, por isso, essa ampliação vai promover uma melhoria não apenas para Cuiabá, mas a todos os consumidores dessas cidades, após um período de três anos", afirma.

O contrato da obra foi assinado em outubro de 2016. A execução do empreendimento é de responsabilidade do Consórcio WEG/Remo/G. Neto, e a fiscalização da Eletronorte. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114