» mais
Comentar           Imprimir
Cidade
Segunda, 15 de maio de 2017, 12h47

Creche recebe reparo emergencial e reforma total inicia no segundo semestre


Aproximadamente R$ 14,5 mil foram investidos nos reparos pontuais da estrutura física da cobertura superior da Creche Municipal Amália Curvo, situada no bairro Residencial Coxipó. A prefeitura de Cuiabá, via Secretaria Municipal de Educação (SME), ainda licita a reforma completa do telhado da unidade educacional, prevista para ser concluída no segundo semestre, conforme o setor de Infraestrutura da pasta.

"A licitação da cobertura deve ser encerrada no inicio do segundo semestre e o valor é de R$ 172,6 mil. Após a conclusão, já definido o ganhador, até a elaboração contratual e a ordem de serviço, deve levar mais 30 dias", explicou Silvio Barreto, diretor de Infraestrutura da secretaria.

Entre os principais serviços dessa etapa de emergência está a readequação do telhado de uma das três salas de aulas, além da implantação total de novo material de forro com a complementação de novos equipamentos de ventiladores.

Os reparos pontuais foram necessários pelo estado precário da sala de aula e que apresentava risco à segurança dos 42 alunos, entre sete meses e doias anos. Após a constatação da situação, a sala foi interditada pela diretoria de Infraestrutura do órgão.

"Estava muito perigoso às crianças ficarem na sala, então ela foi isolada e foi feito o forro e o telhado já foi consertado. Também recebemos ventiladores novos. Os pais dos alunos agora possuem mais confiança em trazerem os filhos", contou a diretora da creche, Rosa Maria.

Ao todo, a creche possui 112 alunos diante de um panorama de 19 mil crianças matriculadas em toda rede de Educação Infantil de Cuiabá, modalidade voltada à faixa etária de zero a cinco anos.

Das 158 unidades educacionais, que atendem a Educação Infantil e Fundamental, aproximadamente 100 unidades estão com a infraestrutura precária, conforme o levantamento da pasta.

"Meu compromisso foi de dar continuidade em todas as obras que vinham sendo feitas. Vamos ampliar as parcerias com as iniciativas privadas até porque existem quase 100 unidades de ensino em que o telhado praticamente não existe mais. Meu medo é que até caia o telhado e machuque nossas crianças", disse o prefeito Emanuel Pinheiro durante a entrega da reforma total da creche Lelita Lino da Silva, no mês passado.  


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114