» mais
Comentar           Imprimir
Cidade
Segunda, 15 de maio de 2017, 14h59

Campanha de vacinação contra a influenza termina no dia 26 de maio


Em Cuiabá, o sábado (13), dia D de mobilização nacional da Campanha de Vacinação contra a Influenza foi tranquilo. Nas áreas urbana e rural 67 salas de vacinação permaneceram abertas das 08:00 às 17:00 horas. Três dessas salas funcionaram no Distrito da Guia, no Rio dos Peixes – unidade que atende as comunidades do Coxipó do Ouro e Barreiro Branco -, e Aguaçu. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza prossegue até o dia 26 de maio.

Após abrir oficialmente o dia de mobilização, ao lado do prefeito Emanuel Pinheiro, a secretária de Saúde de Cuiabá, Elizeth Lucia de Araujo visitou o Centro de Saúde Jardim Vitória I e II, e os PSF Nossa Senhora da Guia e Aguaçu. Nessas unidades além de acompanhar a vacinação, a Secretária conversou com os profissionais de Saúde, sobre as necessidades das unidades.

Há duas semanas a SMS de Cuiabá deu inicio ao trabalho de adequação das unidades. Os serviços que incluem manutenção, ampliação e reforma estão sendo executados por um grupo de 45 homens formado por pedreiros, encanadores, eletricistas, azulejeiros, serralheiros, pintores e serventes, contratados para integrar a Equipe Permanente de Manutenção da Secretaria .

Neste primeiro momento, 32 unidades de Saúde da capital estarão passando por por algum tipo de obra que poderá ser de ampliação, reforma, reparo ou manutenção. O objetivo é melhorar a estrutura física das unidades. Algumas delas também já estão recebendo móveis e equipamentos.

Já estão em reforma o Centro de Saúde Dom Aquino, os PSF Baú e Lixeira, a Policlínica do Verdão, o PSF Jardim Vitória I, PSF Novo Millenium e, o quarto andar do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.

Vacinação

Segundo dados atualizados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, em Cuiabá, 15,38% das 40.201 crianças de 6 meses a menores de 2 anos já foram vacinadas; 30,65% dos 13.499 trabalhadores da Saúde; 23,37% das 8.024 gestantes; 39,35% das 1.319 puerperas e 38,37% dos 45.649 idosos. No total até esta segunda-feira (15), já foram imunizados 28,82 % da população de risco, que soma 110.445 pessoas.

A coordenadora de Programas Estratégicos da Diretoria de Atenção Básica de Cuiabá, Lidiane Cunha Siqueira explicou que os números relacionados ao dia de mobilização ainda não foram digitados no sistema, portanto ainda não aparecem nessa parcial.

Ela lembra a população que as salas de vacinação estão abertas e que a população considerada de risco deve comparecer aos postos para receberem a vacina. nas proximas duas semanas.

“A campanha nacional de vacinação contra a Influenza continua até o dia 26 de maio, essa é a reta final da campanha. É importante que a população de risco seja vacinada. A Influenza é uma doença respiratória infecciosa, de origem viral, que agravada pode levar ao óbito de indivíduos que apresentem fatores ou condições de risco”, salientou.

Grupos prioritários

Os grupos prioritários para vacinação contra a Influenza são os trabalhadores da saúde e professores das redes pública e privada, as crianças na faixa etária de seis (06) meses a menores de cinco anos, gestantes em qualquer idade gestacional, puérperas até 45 dias após o parto e indivíduos com 60 anos ou mais de idade.

Também fazem parte dos grupos considerados prioritários os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa, a população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, as pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinicas especiais, independente da idade e os povos indígenas e os professores das escolas públicas e privadas.

No grupo de pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, independente da idade, é necessária a apresentação, no ato da vacina, da prescrição médica. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114