» mais
Comentar           Imprimir
Cidade
Quinta, 16 de novembro de 2017, 14h35

Campanha educativa deve começar no entorno das escolas de Cuiabá


A secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) deve intensificar na próxima semana as ações educativas, visando desenvolver na Capital um trânsito mais seguro e humanizado. Após passar pelos hospitais cuiabanos, com a campanha “Hospital Trânsito Livre”, a Secretaria irá levar os trabalhos de conscientização para frente das escolas do município. A atividade tem como objetivo orientar pais e também moradores da circunvizinhança sobre estacionamento próximo as instituições de ensino.

No primeiro momento, os agentes de trânsito estarão adotando o procedimento de adesivagem e advertência, com o intuito de diminuir o número de infrações relacionadas a estacionamento. Somente a partir da segunda semana é que o auto de infração passará a ser lavrado. A campanha terá inicio nos entornos dos principais colégios da cidade, locais em que são registrados os maiores números de irregularidades como, por exemplo, veículos estacionados em áreas de embarque e desembarque, filas duplas, dentre outras infrações que dificultam o tráfego na região.

“Essa primeira semana, os agentes estarão orientando os motoristas próximos às escolas, Paralelo a isso, nos hospitais que já receberam a campanha educativa, teremos equipe nas regiões fazendo a fiscalizações e, nos casos mais graves, até mesmo remoções dos veículos”, afirma o Diretor de trânsito, Michell Diniz.

Campanha Hospital Trânsito Livre

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) iniciou no final de Outubro a campanha “Hospital Trânsito Livre”. Essa foi uma ação educativa, que orientou os usuários e moradores que estacionam no entorno dos hospitais da Capital. A ação começou nas proximidades do Hospital Júlio Müller, passando pelo Santa Rosa e Santa Helena.

Nos locais, foram constatadas uma série de irregularidades praticadas por motoristas, prejudicando o trânsito no local, como estacionar em áreas destinadas aos pedestres, esquinas e em entradas e saídas de veículos, que impedia a passagem de ambulância.

 

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114