» mais
Comentar           Imprimir
Cidade
Segunda, 29 de janeiro de 2018, 16h54

População avalia atendimento do Ganha Tempo CPA como ótimo ou bom


Foto: Jana Pessôa
.

Nos seus cinco primeiros dias de funcionamento, a unidade do programa Ganha Tempo do CPA realizou 4.031 atendimentos, uma média de 800 por dia. Atualmente, mais de 90 serviços de cidadania são ofertados no espaço, que está localizado na rua Alenquer, esquina com a Ribeirão Preto, no bairro CPA I, em Cuiabá. A unidade foi inaugurada no dia 22 de janeiro.

Uma pesquisa de satisfação, feita em um teclado disponível em todos os guichês, com as possibilidades de avaliações como: ótimo, bom, regular ou ruim, constatou que 3.620 pessoas, ou seja, 90% dos atendimentos, avaliaram o serviço como ótimo ou bom, sendo 3.031 ótimo e 589 bom. Outras 37 pessoas, 1% dos atendimentos, acharam o serviço regular; e 10 pessoas avaliaram como ruim.

A avaliação, conforme a secretária da Secretária de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), Monica Camolezi, reflete o atendimento diferenciado da unidade, onde o tempo médio de espera é de 31 minutos e o tempo médio de atendimento gira em torno de nove minutos. “Um dos grandes objetivos deste novo modelo de Ganha Tempo é garantir comodidade, agilidade e conforto. O tempo de espera é de meia hora, que podemos considerar como bom, mas iremos baixar esse tempo. Além disso, o cidadão aguarda sentado, em espaço climatizado, com o respeito e atenção que merece quando procura um espaço público como o Ganha Tempo”, destacou a secretária.

 

A dona de casa Marli Messias, de 49 anos , é casada, tem dois filhos e mora no CPA 4. Ela se dirigiu até a unidade do Ganha Tempo CPA nesta segunda-feira (29.01) para fazer o cadastramento de biométrico. “Estou achando esse Ganha Tempo ótimo. Aqui ficou melhor para nós que moramos nesta região. Não tem tumulto. É um benefício muito grande não ter que se deslocar para um local mais longe”, disse.

Já a jovem Rayane Carvalho Saldanha, de 25 anos, é fisioterapeuta e mora na região do Coxipó, mas procurou atendimento na unidade do CPA. “Estou achando muito boa a unidade. Eu vim fazer a segunda via do RG. Aqui é climatizado, tem segurança e a estrutura é nova. Eu avalio como excelente o Ganha Tempo do CPA”, destacou.

Morador do bairro Planalto, Junior Fernandes, tem 31 anos e foi até o Ganha Tempo fazer a biometria e segunda via do RG. “Aqui é bem mais tranquilo no atendimento. Eu acredito que está desafogando o Ganha Tempo do centro, que é uma região que tem o fluxo grande de pessoas e por isso está sempre muito movimentado”, avaliou.

Monica Camolezi reforçou ainda que, para garantir o mesmo padrão de atendimento em todas as Unidades do Ganha Tempo, a Setas viabiliza projetos e parcerias para reformar o Ganha Tempo Ipiranga ainda no primeiro semestre de 2018. “Essa é uma determinação do governador Pedro Taques, revitalizar e entregar para a sociedade um Ganha Tempo Ipiranga que seja além de prático, mais acolhedor e confortável”, disse.

O novo modelo do programa Ganha Tempo preconiza que todas as unidades devem ser padronizadas, com atendimento de alta qualidade, eficiência e rapidez, facilitando o acesso do cidadão aos serviços públicos de competência do Estado e de outros entes parceiros do Governo Federal e municípios. E devem possuir as seguintes características: atendimento com conforto e agilidade; aumento da eficiência e qualidade na prestação dos serviços; economia de tempo e esforço; procedimentos padronizados; e ambientes humanizados.

A nova unidade do bairro CPA I está localizada no endereço Rua Alenquer, esquina com a Rua Ribeirão Preto, Bairro CPA I, em Cuiabá. O horário de atendimento é das 8h às 18h, de segunda à sexta-feira.

 

Novas Unidades

O Governo do Estado por meio da Setas-MT vai ampliar o alcance do programa Ganha Tempo no interior do estado. Conforme o cronograma de execução, a previsão é que mais duas unidades sejam lançadas ainda primeiro semestre e outras quatros unidades sejam entregues até o final do ano de 2018. Além de Cuiabá, as cidades polos que serão contempladas são Rondonópolis, Sinop, Barra do Garças, Cáceres, Lucas do Rio Verde e Várzea Grande.

As novas unidades serão classificadas como grande médio e pequeno porte, atendendo a demanda da população local. Somente Cuiabá, pela quantidade populacional, receberá o selo de grande porte. Todas as unidades serão construídas em pontos estratégicos, para que sejam acessadas pelo maior número possível de moradores destes municípios e de localidades do entorno.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114