» mais
Comentar           Imprimir
Cidade
Quinta, 17 de maio de 2018, 18h14

Terrenos tomados pelo mato preocupam moradores do TropicalVille

Galeria de Fotos (6 imagens)

Terrenos tomados pelo mato preocupam moradores do TropicalVille

  1. loteamento tropical ville7.jpg

  2. loteamento tropical ville5.jpg

  3. loteamento tropical ville4.jpg

  4. loteamento tropical ville2.jpg

  5. loteamento tropical ville1.jpg

  6. loteamento tropical ville.jpg


Loteamento foi vendido com proposta de 

Redação

Moradores do Residencial TropicalVille, na região do Ribeirão do Lipa, em Cuiabá, estão preocupados com o grande número de terrenos baldios e o mato que chega a invadir as ruas asfaltadas. Assaltos tem tirado a paz das famílias. O loteamento pertence a empresa Elmo Engenharia com sede em Goiás e a comercialização foi iniciada no ano de 2007.

Investimentos de moradores estão sendo prejudicados pelo mato 


Segundo moradores muitos proprietários de terrenos não executam a limpeza de suas propriedades. E, ao que consta, a empresa Elmo também teria um grande número de imóveis para a venda e que, por sua vez, não estaria fazendo o ‘dever de casa’, que seria manter limpos os terrenos. A prefeitura de Cuiabá não realiza trabalhos como limpeza de meio-fios e calçadas, nem mesmo tapa-buracos. A deficiência de iluminação pública contribui para a insegurança.

No início deste ano quatro ladrões invadiram uma residência, mantiveram os moradores reféns por duas horas, roubaram dois carros e outros bens. Tem sido frequente as informações de roubos e assaltos no local. O último aconteceu há uma semana  – conforme moradores.

Ligia Alvarenga que mora no local afirma que o residencial é muito bom, estruturado e se tornará um bairro muito bom. Contudo os problemas atuais preocupam, como o mato e a falta de iluminação. A falta de ônibus também prejudica moradores e muita gente que trabalha em casas ou em obras de imóveis em construção.

Dados levantados pelo PlantãoNews apontam que os terrenos no local variam entre R$ 60 mil a R$ 120 mil e casas construídas chegam em média de R$ 380 mil a R$ 450 mil. São imóveis de bom padrão, acabamento e estrutura.

O PlantãoNews enviou um email para a sede da empresa em Goiás pela manhã de hoje, mas até o fechamento da matéria às 18h09 não obteve retorno.

Veja também no Facebook aqui
 

Local precisa de manutenção da construtora ou da prefeitura de Cuiabá - cobram moradores.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114