» mais
Comentar           Imprimir
Cidade
Terça, 09 de outubro de 2018, 16h42

Obras do Cais do Porto têm início previsto ainda para este ano


.

Com início previsto ainda para este ano, a obra de requalificação do Cais do Porto, no bairro Terceiro na margem esquerda do Rio Cuiabá, está em fase de licitação para contratação de empresa especializada em serviços de engenharia. Esse é mais um projeto que compõe as obras em celebração aos 300 anos da Capital, a ser comemorado em abril de 2019. O processo administrativo já está em fase bem avançada.

O projeto elaborado pelo Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano – IPDU tem como objetivo a sensibilização ambiental, valorização da história regional e da cultura cuiabana por meio da ocupação recreativa da estrutura do Cais do Porto. O local é o antigo ponto de carga e descarga de mercadorias em área histórica de chegada e de comunicação desde o período colonial regulamentada pela Coroa Portuguesa, época em que o rio era a única rota disponível.

A estrutura em concreto aparente, construída na década de 60 pelo governo de Pedro Pedrossian, desativada há algumas décadas, deve abrigar espaços de contemplação para o rio Cuiabá entre as pontes Sérgio Motta e Júlio Muller. “A estrutura do Cais possui valor histórico e cultural para cidade. Com esse projeto de requalificação, a proposta é aproveitar a estrutura existente dando uso eficiente à estrutura subutilizada, composta por três níveis sendo um mirante no piso superior e deck no inferior”, explicou o superintendente do IPDU, Márcio Puga.

Márcio Puga afirmou, também, que será construído o pavimento térreo, área de convívio com dois ambientes para atividades culturais bem como área de suporte administrativo, copa e sanitários.

Ao todo, a obra está orçada em R$ 2.416.757,38 milhões contemplados por recursos do Ministério do Turismo e da Prefeitura de Cuiabá. O prazo de entrega está estimado em seis meses, a ser entregue a população, a partir da ordem de serviço prevista para este semestre de 2018.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114