» mais
Comentar           Imprimir
Cuiabá&VG
Sexta, 01 de março de 2019, 12h13

Manutenções preventivas garantem eficiência das unidades de saneamento


O dia a dia de uma operação de saneamento básico envolve diversas funções a fim de garantir que a água chegue a cada unidade consumidora e depois retorne para as estações de tratamento de esgoto. Com o objetivo de assegurar a qualidade na prestação dos serviços, a Águas Cuiabá, concessionária responsável pelo fornecimento de água, coleta e tratamento de esgoto na capital mato-grossense, conta com estruturas bem equipadas e sistemas modernos. Para garantir a boa performance das unidades operacionais, a companhia realiza, rotineiramente, manutenções preventivas. Uma delas vai ser realizada na próxima segunda-feira, dia 4 de março, na captação de água do Sistema de Abastecimento Ribeirão do Lipa.

 

Localizada no Rio Cuiabá, a captação Lipa é responsável por abastecer a estação de tratamento de água que leva o mesmo nome, além da ETA Central, situada na rua Presidente Marques. “Chamamos esse tipo de medida operacional de Parada Programada. Quando uma situação assim vai ocorrer, nós avisamos a comunidade, para que todos possam estar preparados, fazendo a reservação prévia nas caixas d’água, e cientes de que o abastecimento, eventualmente, pode ser impactado”, explica o gerente operacional da Águas Cuiabá, Paulo Mário Cardoso.

 

As manutenções podem requerer medidas que influenciem o funcionamento das unidades de saneamento básico. A ação da próxima segunda-feira, por exemplo, só será possível mediante o desligamento, por duas horas, da unidade de captação Lipa. O reflexo se dará na operação das ETAs Lipa e Central que, durante esse período, vão parar de receber água. “Enquanto a captação estiver passando por procedimentos de manutenção, as ETAs vão distribuir a água que já estará armazenada em seus respectivos reservatórios, possibilitando a continuidade do abastecimento”, complementa Cardoso.

 

Responsáveis pelo abastecimento de 51% da capital, a redução da produção nas duas ETAs pode impactar o volume de distribuição de água. O retorno à normalidade no abastecimento está previsto para ocorrer dentro de 24 horas após encerrada a manutenção. “Para que a água chegue às unidades consumidoras, ela precisa receber um impulso, que chamamos de pressurização. Mas é importante que essa etapa seja feita com muito cuidado, porque o excesso de pressão na rede de água pode provocar rompimento nas tubulações – e é fundamental evitar que isso ocorra. Por esse motivo, a retomada no abastecimento pode levar algumas horas. A compreensão de todos, então, é muito importante”, observa o diretor-geral da Águas Cuiabá, Luiz Fernando Fabbriani, ressaltando que o cliente tem um canal aberto de comunicação com a concessionária por meio do 0800 646 6115.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114