» mais
Comentar           Imprimir
Cuiabá&VG
Quarta, 06 de março de 2019, 20h48

Quarta-feira de Cinzas além de encerrar o carnaval, marca também o início da Quaresma


O dia de hoje (06), quarta-feira de Cinzas, além de marcar o encerramento das festividades do Carnaval, é o início da Quaresma que vai até o Domingo de Ramos, antecedendo a Páscoa. As cinzas retratam como o símbolo da reflexão, sobre o dever da conversão e da mudança de vida para os católicos. Durante as missas, cinzas são colocadas sobre a cabeça dos fiéis ou na testa, cultivando a humildade, a partir do entendimento de que cada pessoa é pó, uma vida frágil.

Como o nome mesmo sugere, são quarenta dias marcados por jejum, penitência e oração, sendo esse o momento de preparação para a Semana Santa que representa a paixão, morte e a ressurreição de Cristo. Mesmo não sendo um cristão devoto, certamente já ouviu falar da quaresma e do costume de não comer carne durante esse período. Simbolicamente é um tempo de sacrifício que lembra os 40 dias de tentações que Jesus Cristo sofreu no deserto, onde ele “nada comeu naqueles dias, vencendo o pecado no deserto, no seu ministério, e no triunfo na cruz".

O número, 40, também está ligado a várias passagens bíblicas como em referência aos 40 dias de dilúvio na história da Arca de Noé, aos 40 anos de viagem que o povo judeu percorreu do Egito à Terra prometida, entre outras passagens.

É comum também que os católicos façam algum tipo de promessa, como retirar de sua rotina algo considerado como desnecessário, não comer carne, fazer jejum de bebida alcoólica, ou até mesmo tentar fazer mais ações voltadas para a caridade.

Para as celebrações religiosas, as vestes e os paramentos usados pelos padres são da cor roxa (no quarto domingo da Quaresma, pode-se usar o rosa, representando a alegria pela proximidade do término da tristeza, pela Páscoa. O hino “Glória” não é cantado ou rezado. A aclamação do “Aleluia” também não é feita e nem se enfeitam os templos com flores. O uso de instrumentos musicais é moderado.

Estudos relatam que a Quaresma é um tempo bastante favorável para os exercícios espirituais, as liturgias penitenciais e as peregrinações penitenciais. O jejum é feito na Quarta-feira de Cinzas e Sexta-feira Santa, mas por devoção, muitas pessoas não comem carne toda sexta-feira durante a Quaresma.

Esses quarenta dias têm um grande significado na Bíblia; significa “um tempo de prova” antes de uma grande “vitória”.

Este ano, a Páscoa será celebrada no dia 21 de abril, sendo considerado o ápice do calendário cristão.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114