» mais
Comentar           Imprimir
Cuiabá&VG
Terça, 12 de março de 2019, 15h22

Câmara quer que Executivo faça intervenção na Santa Casa


A Câmara Municipal de Cuiabá aprovou nesta terça-feira (11) indicação para que o Executivo Municipal faça intervenção na Santa Casa de Misericórdia. A indicação será destinada à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que apura os convênios firmados pela Prefeitura com os Hospitais Filantrópicos da Capital e será anexada no relatório final, que deve ser votado na próxima terça-feira (19).

A aprovação da indicação foi por 17 votos a favor, 5 contra e uma abstenção.

O objetivo dos parlamentares é de evitar o fechamento da unidade de saúde, tendo em vista os inúmeros pacientes que são atendidos diariamente. A direção da unidade de saúde já foi informada sobre os encaminhamentos e uma cópia do relatório e da indicação será encaminhada ao Ministério Público do Estado (MPE) para ciência e providências.

O presidente do Parlamento Municipal, vereador Misael Galvão (PSB), disse que, desde o início de sua gestão a Casa tem acompanhado este imbróglio, e diante da gravidade dos fatos, os vereadores optaram por fazer essa sugestão ao Executivo.

“Há alguns meses nós estamos empenhados neste assunto. Criamos uma Comissão com os vereadores Toninho de Souza e Luis Claudio à frente, para acompanhar toda negociação. Estamos nos desdobrado ao máximo para que possamos ter o entendimento, porque a Santa Casa é necessária para a nossa Capital. Então, com o auxílio de nossos técnicos, do jurídico da Câmara, tomamos outro encaminhamento e vamos sugerir para que o Executivo faça a intervenção na Santa Casa, pois não podemos deixar o Hospital fechar as portas, não podemos deixar quatro meses de salário sem pagar, deixar os pacientes desamparados”, explicou Misael.

O vereador Toninho acredita que a intervenção dará mais credibilidade para a unidade de saúde. Conforme ele, a Santa Casa tem uma crise de credibilidade e de gestão administrativa interna, e os vereadores entendem que não existe outro caminho a não ser a intervenção.

“A intervenção vai nomear uma gestão externa, completamente desvinculada da Santa Casa, que pode trazer uma nova credibilidade, e também um novo modelo de administração, que pode atrair recursos externos, e o que entrar de dinheiro pelo SUS, tenha a certeza da transparência e da boa aplicação desses recursos. Por isso, nós decidimos, em um acordo num colegiado, que a intervenção é o melhor caminho”, pontuou Toninho.

O líder do prefeito no Legislativo, vereador Luis Claudio (PP) também acredita que a gestão da Santa Casa está comprometida. “O fato é que, realmente a gestão está comprometida pelo fato de que não há credibilidade necessária dos entes públicos e também da sociedade para poder reerguer o Hospital. Nós precisamos tomar outro caminho para a Santa Casa, que talvez seja da intervenção”, acrescentou.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114