» mais
Comentar           Imprimir
Cuiabá&VG
Domingo, 24 de março de 2019, 07h26

Indigenismo perde o companheiro Thomaz Yauka Lisbôa.


Thomaz Yauka Lisbôa partiu hoje.

.

Internado num hospital em Cuiabá há uma semana, Thomaz Yauka não suportou uma pancreatite aguda e faleceu na manhã, dia 22 de março de 2019.

Haverá neste final de tarde uma celebração de corpo presente numa capela em Cuiabá, onde os amigos se encontrarão pela última vez. Depois o corpo será transportado pela aldeia Japuíra, do povo Myky, em Brasnorte, para o sepultamento amanhã no cemitério da aldeia.

Thomaz tornou-se pessoa importante no indigenismo brasileiro quando, em parceria com outros companheiros, como Egydio Schwade, Vicente Canhas, Adalberto Pereira e Antonio Iasi, perceberam com clareza que as ações dos Estados e das igrejas junto aos povos indígenas simplesmente os aniquilava. Propuseram radical mudança. Respeitaram as culturas, a garantia de direitos fundamentais como a terra, saúde e educação específicas e favoreceram a autonomia dos povos.

.

Fundaram a Operação Amazônia Nativa (OPAN), apoiaram a fundação do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), e a partir da convivência nas aldeias favoreceram as assembleias dos povos indígenas.

Casado com Njakau Myky desde 1987, mora na aldeia deste povo, em Brasnorte, e tem um casal de filhos, Tupy e Lemiu. Destes dois, tem sete netos.

Nosso eterno agradecimento ao Thomaz Yauka que tanto nos inspirou e apoiou a causa dos povos indígenas. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114