» mais
Comentar           Imprimir
Cuiabá&VG
Quarta, 27 de março de 2019, 10h03

Prefeitura lança projeto Albergue Humanizado e reforça políticas às pessoas em situação de rua


Criar ferramentas que possibilitem o resgate e a inserção social, a partir de ações intersetoriais voltadas à população em situação de rua. Com esse objetivo, a Prefeitura de Cuiabá lançou, na nesta terça-feira (26), o programa Albergue Humanizado. A solenidade aconteceu no Albergue do Distrito da Guia e reuniu os membros das Secretarias de Assistência Social e Desenvolvimento Humano e da Saúde - Pastas que celebraram o Termo de Parceria para desenvolver as ações do programa dentro das três unidades de acolhimento do Município.

O secretário de Assistência, Wilton Coelho, lembrou que a construção do programa faz parte da continuidade da formulação das políticas em prol dessa população e cumpre com a promessa do prefeito Emanuel de inclusão social dessa classe. Wilton ainda explicou que o quadro atual dessa demanda na Capital não é diferente do restante do Brasil e que iniciar essas ações unificadas com a saúde é o começo para promover o resgate dessas pessoas de forma correta.

“Primeiramente, quero pontuar que Cuiabá não possuía nada de políticas públicas em prol dessa população. Quando o prefeito tomou posse e me convidou para unir forças à sua gestão, uma das primeiras determinações dele foi a criação e implementação dessas políticas, pois, como já citado, a cidade era órfã desse trabalho. Então, hoje, parte dessa promessa está sendo cumprida, estamos, aos poucos, avançando na tratativa da demanda. Hoje é em parceria com a saúde, amanhã com a educação e assim por diante. Agradeço a disposição dos gestores da saúde por abraçarem e acreditarem no projeto”, destacou.

Com a inserção do programa, a rede de assistência das unidades de acolhimento vão contar com serviços como: consulta médica, encaminhamentos para consultas especializadas e realização de exames de imagens e sangue, acesso à medicamento, atendimento odontológico, acesso ao atendimento na saúde mental, confecção do Cartão Nacional de Saúde (CNS), entre outros.

“Uma grande inciativa da Assistência, pois entendo que o resgate precisa começar por uma colhimento completo. E esse processo é delongado e requer muita paciência de todos os envolvidos. E para isso, a pessoa com uma saúde em dia, consegue ter mais forças para lutar pela sua recuperação, requerer essa cidadania. São iniciativas como essa que nos enche de esperança e reforça nossa vontade de lutar e fazer o diferencial na vida das pessoas”, reiterou o secretário de Saúde e procurador-geral do Município, Luiz Antônio Possas.

A Prefeitura de Cuiabá atende, em média, 150 pessoas, nos três Albergues. Cada unidade tem capacidade para atender 50 pessoas. Nelas, ficam, além dos moradores em situação de rua que foram resgatados, pessoas que estão na cidade passando por tratamento ou se perderam, ou ainda que estão passando por algum tipo de dificuldade.

Além dos três albergues, a Prefeitura coopera com outras casas de acolhimento da Capital, a exemplo, o Abrigo Bom Jesus de Cuiabá.  


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114