» mais
Comentar           Imprimir
Cuiabá&VG
Sexta, 19 de abril de 2019, 03h53

Governador de MT acolhe parecer da CGE e demite ex-secretário acusado roubar dinheiro público


.

O ex-secretário da Copa do Mundo, Maurício Guimarães, foi demitido do estado de Mato Grosso pelo governador Mauro Mendes (DEM). A publicação foi feita no Diário Oficial que circula nesta quinta-feira (18).

Conforme a publicação, Maurício não cumpriu alguns incisos da Lei Complementar nº 04/1990.

Ele já havia sido demitido no dia 18 de março, com prazo de 15 dias para recorrer da decisão.

Maurício descumpriu as seguintes normas:
Exercer com zelo e dedicação as atribuições do cargo
Ser leal às instituições a que servir
Observar as normas legais e regulamentares
Levar ao conhecimento da autoridade superior as irregularidades de que tiver ciência em razão do cargo
Zelar pela economia do material e a conservação do patrimônio público
Manter conduta compatível com a da moralidade administrativa
Opor resistência injustificada ao andamento de documento e processo ou execução de serviço
Valer-se do cargo para lograr proveito pessoal ou de outrem, em detrimento da dignidade da função pública
Proceder de forma desidiosa.


Demitido por:
Crime contra a administração pública
Improbidade administrativa
Lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio estadual
O governador acolheu integralmente o despacho de recomendação do subprocurador-geral Administrativo e de Controle Interno, bem como o parecer da Controladoria-Geral do Estado (CGE).

Maurício Guimarães era servidor da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), trabalhava como agente de tributos e ganhava um salário bruto de R$ 25,2 mil.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114