» mais
Comentar           Imprimir
Economia
Segunda, 18 de setembro de 2017, 16h04

Servidores públicos do Estado têm consignado no Sicredi


O Sicredi Centro Norte assinou nesta segunda-feira (18/09) convênio com o Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Gestão (Seges), que disponibiliza crédito consignado aos servidores públicos. Segundo estatísticas da Pasta, nos 141 municípios são 78.129 funcionários estaduais que poderão contratar empréstimos com taxas de juros a partir de 1,80% ao mês (a.m.) e prazo para pagamento de até 96 meses. O crédito consignado é aquele empréstimo feito por trabalhadores das redes pública e privada, cujas parcelas são descontadas diretamente na folha de pagamento a cada mês.

.

Um projeto piloto para as contratações foi desenvolvido em Cuiabá, onde estão concentrados 32,8% dos servidores do Estado, abrangendo 25.636 pessoas. Durante este período equipes do Sicredi estiveram em vários órgãos públicos, bem como os servidores também procuraram, espontaneamente, uma das nove agências do Sicredi instaladas na Capital para solicitar a contratação do consignado.

Até a última semana foram abertas 55 contas e liberados cerca de R$ 1,1 milhão em crédito consignado. Com a assinatura formal do convênio nesta segunda-feira com o Governo do Estado, a instituição financeira cooperativa estende a oferta do consignado a todos os municípios do Estado atendidos pelas nove cooperativas do Sicredi em Mato Grosso. Depois de Cuiabá, a cidade com o 2º maior número de servidores é Várzea Grande, com 4.458, seguido por Rondonópolis, com 4.310 funcionários públicos.

O presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Carlos Spenthof, destaca a importância do convênio. "São milhares de servidores públicos na ativa em Mato Grosso. É uma oportunidade de eles terem acesso ao cooperativismo de crédito e a este produto, que é o consignado, com taxas mais favoráveis. É uma alternativa a mais aos trabalhadores, aumentando a concorrência entre as instituições financeiras".

Spenthof lembra que ao se tornar associado do Sicredi, o servidor público passa a ser dono da instituição financeira cooperativa e participa dos resultados gerados pelas cooperativas do Sicredi, diferentemente do que acontece nas instituições tradicionais, que visam lucro, revertido ao banqueiro. "Nossa cooperativa visa melhorar a vida financeira das pessoas. Com essa parceria temos a oportunidade de aumentar nosso quadro social, de incrementar os negócios e nossa carteira de crédito, oferecendo nossos produtos e serviços".

O servidor público que se torna associado do Sicredi tem vários produtos à sua disposição como crédito pré-aprovado, linhas de financiamento de automóveis, cartão de crédito com limite adequado às suas necessidades, seguros, consórcios, cheque especial e futuramente crédito imobiliário.

Outro ponto favorável da parceria, acrescenta João Carlos Spenthof, é a oportunidade do Sicredi de chegar a municípios onde a cooperativa ainda não possui agência, o que aumenta o potencial da região e a viabilidade de abertura de uma nova agência. "Isso propicia o maior fluxo financeiro de recursos dentro do Sicredi fazendo com que esse dinheiro permaneça na região, aumentando a captação de recursos, proporcionando crédito para outras atividades econômicas, gerando progresso, produção e desenvolvimento para o município e consequentemente para Mato Grosso, que é sede do Sicredi".

Público potencial – De acordo com dados do Governo do Estado, a secretaria com mais servidores é a Educação, com um total de 47.487 profissionais. Depois, a pasta mais populosa é a Polícia Militar com 7.665, e a Saúde com 4.162. Ainda conforme os dados do Governo, os salários chegam a R$ 15 mil, sendo que 18% (14.354 servidores) ganham entre R$ 1 mil e R$ 2 mil; 14% (11.310) ganham de R$ 3 mil a R$ 4 mil; 12% (9.698) recebem de R$ 4 mil a R$ 5 mil e 10% (7.424) têm remuneração mensal de R$ 5 mil a R$ 6 mil.

O secretário de Estado de Gestão, Júlio Modesto, frisa que é importante para o governo do Estado ter convênios com instituições financeiras que sejam referência em crédito consciente. "E o Sicredi tem demostrado que se preocupa com o crédito tomado por seus associados, com a finalidade do dinheiro emprestado. Somando o empréstimo consciente e o apoio à educação financeira, acreditamos que os servidores estarão amparados por uma instituição séria, que coopera com o associado e com o futuro", avalia Modesto, acrescentando que o governo está empenhado em incentivar a educação financeira dos servidores.

No Estado de Mato Grosso, o Sicredi tem nove cooperativas de crédito. Ao todo são 138 agências, distribuídas em mais de 100 municípios.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114