» mais
Comentar           Imprimir
Economia
Sexta, 22 de junho de 2018, 22h33

Tesouro Direto registra décimo mês seguido de saques


.

A instabilidade no mercado financeiro nas últimas semanas fez os pequenos investidores continuarem a se desfazer dos papéis do governo. Em maio, as retiradas do Tesouro Direto, programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas pela internet, superaram os ingressos em R$ 107,4 milhões.

Foi o décimo mês seguido de resgates líquidos. Desde agosto do ano passado, os investidores resgataram R$ 3,116 bilhões a mais do que compraram.

No mês passado, as vendas de títulos públicos somaram R$ 1,246 bilhão. Os resgates, no entanto, totalizaram R$ 1,354 bilhão. Desse total, a maior parte, R$ 1,307 bilhão decorreu da recompra de títulos públicos pelo Tesouro, que foram impulsionadas nas últimas semanas por causa da turbulência nos mercados, e R$ 46,7 milhões vieram de vencimentos (papéis cujo prazo acabaram, fazendo o Tesouro reembolsar os investidores com juros).

O estoque total do Tesouro Direto somou R$ 48,1 bilhões no fim de maio, alta de 0,6% sobre abril (R$ 47,8 bilhões) e de 5,5% em relação a maio do ano passado (R$ 45,6 bilhões). Apesar do resgate líquido dos últimos meses, o estoque cresceu por causa do rendimento dos papéis.

Desde o fim de maio, as vendas do Tesouro Direto têm sido paralisadas por diversos dias. Segundo o Tesouro Nacional, a suspensão dos leilões é necessária para proteger os investidores das turbulências do mercado. Além da paralisação dos caminhoneiros, que provocou desconfiança no sistema financeiro, o aumento do dólar decorrente do agravamento das tensões internacionais e da perspectiva de altas adicionais dos juros nos Estados Unidos interferiram no funcionamento do mercado nas últimas semanas.

No mês passado, o título mais comprado pelos investidores foram os papéis corrigidos pela Selic (juros básicos da economia), que concentraram 42,3% das vendas em maio. Os atrelados à inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) representaram 35,4% das vendas. Os papéis prefixados, com juros definidos com antecedência no momento da venda, corresponderam a 22,3%.

Os investidores continuam preferindo papéis de prazo mais curto. Os títulos de um a cinco anos concentraram 48,3% das vendas. Os papéis de cinco a dez anos corresponderam a 27,3%, e os papéis de mais de dez anos de prazo representaram apenas 24,4%.

O Tesouro Direto continua com foco nos pequenos investidores. Em maio, 82,6% das vendas se concentraram na faixa de até R$ 5 mil por operação. No mês passado, 82.041 novos participantes aderiram ao programa, fazendo o total de investidores cadastrados atingir 2.209.928, alta de 54,3% nos últimos 12 meses. O número de investidores ativos (com operações em aberto) somou 609.295, aumento de 23,6% nos últimos 12 meses.

ABr


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114