» mais
Comentar           Imprimir
Economia
Terça, 11 de junho de 2019, 11h51

Incapacidade estrutural do Indea provoca fila de caminhões e prejuízos a setor produtivo


Dezenas de caminhões estão parados desde o último final de semana no posto de fiscalização do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), localizado no distrito industrial de Cuiabá, na saída para a região sul do estado. O motivo é que o órgão não fez o planejamento necessário para adequar o atendimento em função do início de uma obra para construção do corpo de bombeiros na localidade, mesmo tendo recebido notificação sobre a questão.

.

 

Por esse único posto do Indea devem passar, obrigatoriamente, todas as cargas de produtos florestais do estado de Mato Grosso para fazer o processo de identificação de madeira. Pelo grande fluxo de veículos no local, atrasos no atendimento resulta em caos, como o que ocorre neste momento.

Em função da situação, o Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem) entrou em contato com o órgão que alegou não ter recursos para resolver a situação.

Enquanto isso, o setor florestal acumula prejuízos com o atraso na entrega de produtos comercializados, agravado pela incidência de mais diárias no transporte. Além disso, a Guia Florestal (GF) tem um prazo de vencimento e, caso a situação de atraso continue, todas as cargas ficarão impedidas de seguir viagem.

.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114