» mais
Comentar           Imprimir
Pesquisa/Tecnologia
Domingo, 04 de fevereiro de 2018, 08h06

Novo padrão de memória flash promete ser o 'SSD para smartphones'


Em breve, a velocidade da memória interna dos smartphones, e até mesmo a de cartões de memória externa, pode ser equivalente ao que se vê nos computadores mais modernos com SSD. Tudo graças ao UFS 3.0, novo padrão oficializado pelo grupo Jedec, especializado em tecnologia microeletrônica, nesta semana.

O UFS 3.0 é a evolução do UFS 2.1, um tipo de memória flash criada para smartphones, Chromebooks e headsets de realidade virtual ou aumentada. A principal característica da nova geração é a velocidade máxima de transferência de dados que pode chegar a 11,6 Gigabits por segundo, próximo do que se vê em SSDs atuais.

Como o novo padrão também suporta transferências em duas faixas simultaneamente, a velocidade máxima pode chegar a 23,2 Gigabits por segundo, o que é quase quatro vezes mais do que o atual UFS 2.1 usado por alguns smartphones top de linha do mercado, como o OnePlus 5, por exemplo.

Os aparelhos mais baratos e comuns ainda usam memória eMMC, que é ainda mais lenta. Em 2016, a Samsung foi quem introduziu no mercado os primeiros cartões de memória externa usando o padrão UFS que prometiam ser cinco vezes mais rápidos do que cartões microSD comuns. Até mesmo eles já estão prestes a se tornarem ultrapassados.

Como ressalta o Engadget, essa velocidade máxima de 23,2 Gbps está dentro dos limites imaginados pela Jedec para o novo padrão, mas tudo vai depender do hardware utilizado pelo smartphone para alcançar esses números. Ou seja, nem todo celular com essa tecnologia vai conseguir taxas de transferência tão altas na prática.

Além disso, o UFS 3.0 é mais econômico do que o antecessor. A fonte de alimentação do novo tipo de memória opera a 2,5 volts, o que representa um consumo de energia menor e, consequentemente, mais economia para a bateria do dispositivo que usar essa tecnologia.

Por fim, a Jedec informa que o UFS 3.0 suporta uma gama mais ampla de temperaturas. O padrão promete funcionar em ambientes de 40 graus negativos até 105 graus celsius, o que garante mais segurança para dispositivos automotivos que podem chegar a enfrentar esses extremos (ou algo próximo) no dia a dia.

Um usuário comum pode não sentir tanta diferença ao usar um smartphone com UFS 3.0. Em situações de geração de dados mais extremos, porém, como gravar vídeos em resolução 4K a 60 quadros por segundo, por exemplo, o registro destes arquivos na memória será menos estressante para o aparelho, e é aí que a diferença será mais facilmente notada.

Há rumores de que o Galaxy S9, próximo grande lançamento da Samsung, virá com esse novo padrão de memória. No entanto, a informação só será confirmada quando o aparelho for apresentado oficialmente ao mundo, no final de fevereiro.

Olhar Digital


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114