» mais
Comentar           Imprimir
Pesquisa/Tecnologia
Sexta, 06 de julho de 2018, 08h09

Pós-doutorado em engenharia de materiais com bolsa da Fapesp


Uma oportunidade de pós-doutorado com bolsa da Fapesp está disponível no INCT de Tecnologias Ecoeficientes Avançadas em Produtos Cimentícios, na Escola Politécnica da USP. O prazo de inscrição termina em 9 de julho de 2018.

O instituto, coordenado pelo professor Vanderley Moacyr John, tem apoio da Fapesp e do CNPq por meio do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT).

O bolsista integrará projeto que tem por objetivo central o desenvolvimento e a disseminação de diferentes tecnologias para produtos cimentícios mais sustentáveis. As principais metas são redução da emissão de gases de efeito estufa, do gasto de água e de outros insumos naturais.

O bolsista desempenhará suas atividades com especial atenção para sistemas de aglomerantes com capacidade de incorporar CO2 por carbonatação de cimentos alternativos, em conjunto com a incorporação de partículas lignocelulósicas.

Além disso, participará em estudo da zona de transição entre fibra vegetal e matriz cimentícia, em tratamentos e nanofibrilação de fibras lignocelulósicas para aplicações de alto desempenho, entre outras atividades.

Os candidatos devem apresentar grau de doutor completo há menos de cinco anos e experiência de pesquisa em materiais de construção, resíduos agroindustriais, materiais pozolânicos e técnicas de caracterização de materiais (ou outros tópicos correlatos). No processo seletivo, será fortemente valorizada a robustez em publicação dos resultados científicos em periódicos internacionais com processo editorial seletivo e bem definido.

Os interessados pela vaga devem enviar curriculum vitae completo e referências pessoais para o professor Holmer Savastano Jr. (holmersj@usp.br. Mais informações sobre a vaga em www.fapesp.br/oportunidades/2141.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp no valor de R$ 7.174,80 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site www.fapesp.br/oportunidades.  

Agência Fapesp


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114