» mais
Comentar           Imprimir
Pesquisa/Tecnologia
Sexta, 19 de outubro de 2018, 08h01

Bolsa da Fapesp para pós-doutorado em gerenciamento de áreas contaminadas


Uma oportunidade de pós-doutorado, com Bolsa da Fapesp, está disponível em projeto conduzido no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). Inscrições podem ser feitas até 21 de outubro de 2018.

A oportunidade está vinculada ao projeto “Plano de desenvolvimento institucional na área de transformação digital: manufatura avançada e cidades inteligentes e sustentáveis”, coordenado pela professora Zehbour Panossian.

O projeto desenvolverá um sistema remoto de gerenciamento de áreas contaminadas no âmbito das cidades inteligentes e sustentáveis. O pós-doutorado avaliará impactos que a transformação digital poderá causar no atual modelo de gerenciamento de áreas contaminadas do Estado de São Paulo, além de demonstrar a aplicabilidade do sistema proposto perante o cenário atual e futuro.

O candidato deve ter graduação nas áreas de Engenharia, Geologia e Geografia e doutorado em áreas correlatas a Geociências e Meio Ambiente e/ou Planejamento Estratégico.

É desejável que o candidato tenha experiência comprovada em estudos relacionados ao gerenciamento de áreas contaminadas adotado no Estado de São Paulo ou conforme a legislação federal específica sobre o tema. Também é desejável que o candidato tenha experiência comprovada em estudos de planejamento estratégico ou de viabilidade técnica e econômica para tecnologias ambientais.

A inscrição deve ser enviada para o Laboratório de Resíduos e Áreas Contaminadas do IPT, referente à “Candidatura para vaga de Pós-Doutorado-LRAC”, pelo e-mail lfreitas@ipt.br. Junto ao e-mail devem ser anexados uma carta de apresentação, curriculum vitae, histórico escolar de graduação e PDF da dissertação de mestrado e da tese de doutorado.

Mais informações sobre a vaga: www.fapesp.br/oportunidades/2353.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, ele poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa www.fapesp.br/bolsas/pd

Agência Fapesp


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114