» mais
Comentar           Imprimir
Pesquisa/Tecnologia
Quinta, 30 de maio de 2019, 17h39

MTI entrega 80 projetos e serviços nos primeiros cinco meses do ano


Além de manter mais de 60 sistemas corporativos e 30 produtos de infraestrutura tecnológica, a Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) já entregou 80 novos projetos e serviços para diversos órgãos do Governo do Estado nos primeiros cinco meses deste ano. As soluções tecnológicas atendem aos mais variados serviços, sobretudo com o objetivo de desburocratizar a administração pública e, por consequência, prestar um melhor serviço ao cidadão.

.

De acordo com o diretor-presidente da MTI, Kleber Geraldino, a empresa tem se empenhado para não somente comprovar sua viabilidade, mas também usar ao máximo sua capacidade técnica e prover soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação ao Estado.

Entres as soluções já entregues destacam-se aquelas voltadas para a Secretaria de Fazenda (Sefaz), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), além do aplicativo MT Cidadão.

Para a Sefaz, a MTI entregou soluções que permitiram ao Governo, por exemplo, parcelar a folha de pagamento dos salários dos servidores públicos por faixa de valores ou percentuais. A medida permitiu que a flexibilização dos pagamentos, de modo que todos os servidores pudessem receber os salários, ou parte deles, no mesmo dia.

Outra solução foi a implantação do sistema de gestão financeira de serviços de engenharia conhecido como Fiplan-GFO. O sistema assegura o acompanhamento da aplicação dos recursos nos pagamentos de obras e serviços realizados pelos órgãos do governo.

Além disso, a MTI já está em fase final de teste para a efetiva entrega do aplicativo para celulares e do portal do programa Nota MT, idealizado pelo Governo do Estado para estimular o cidadão a solicitar o CPF no documento fiscal eletrônico e, por consequência, possibilitar o aumento da arrecadação no Estado e fomentar a concorrência leal entre os estabelecimentos.

Para o Detran, as soluções foram focadas em assegurar maior eficiência dos sistemas e, por consequência, a prestação de um serviço de melhor qualidade ao cidadão. Foram entregues os projetos do Leilão DetranNet, educação a distância de atualização e reciclagem, além de melhorias no próprio site do Detran, com consulta a infrações de trânsito e o aperfeiçoamento da plataforma de impressão das habilitações.

.

 

Também foram entregues o projeto da telemetria, que visa à integração entre Detran e Centros de Formação de Condutores (CFC). Com isso, o Detran terá o controle e registro das aulas práticas através das câmeras de monitoramento e GPS instalados nos veículos das autoescolas e vai evitar fraudes durante o processo de formação de condutores.

“Esses foram alguns dos projetos entregues, dos 23 previstos para serem implantados neste primeiro semestre, conforme o termo de compromisso que firmamos junto ao Detran. Todos os projetos foram pensados e estão sendo realizados para fortalecer o funcionamento do sistema do órgão de trânsito, com eficiência e qualidade”, disse Geraldino.

Oferecer agilidade na prestação dos serviços do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) também foi o foco da MTI nos primeiros cinco meses de 2019. Um fruto do trabalho é o desenvolvimento do novo Sistema Integrado de Defesa Agropecuária do Estado (Sindesa).

As melhorias já entregues foram voltadas para o aperfeiçoamento do sistema de emissão de guia de trânsito animal e da verificação da arrecadação junto à Sefaz. Também foram feitos ajustes para dar mais agilidade à emissão do certificado de identificação de madeira nos postos fiscais do Indea.

MT Cidadão

Já o aplicativo MT Cidadão ganhou quatro novos serviços do plano de saúde dos servidores públicos, Mato Grosso Saúde. Foram incluídos o extrato de utilização do plano, o cartão virtual (carteirinha), além da segunda via de boletos e o guia médico da rede credenciada. Tudo isso para que o cidadão não precise se deslocar até a sede do plano de saúde para ter acesso aos serviços.

“Todos os nossos projetos e soluções são pensados junto com os nossos clientes, para que ao final possamos oferecer realmente melhorias para o cidadão. Para que ele economize tempo, otimize recursos sem perder a qualidade do atendimento recebido nos mais diversos órgãos”, informou.

Economia

Além de oferecer produtos e serviços de qualidade, a MTI implementou ajustes financeiros e fez a reestruturação do seu quadro de pessoal, com a redução de diretorias e a extinção de 30% de cargos em comissão em vários níveis. A empresa também deu continuidade ao Plano de Demissão Voluntária - dentro do qual 68 pessoas deixaram a MTI, de um total de 233 que já aderiram ao plano.

A MTI também promoveu uma série de revisões nos contratos e convênios, a fim de diminuir os gastos, e obteve imunidade tributária da Prefeitura de Cuiabá, isentando-se do pagamento de imposto sobre serviços para atividades realizadas em órgãos públicos de Cuiabá e do Estado.

Já em busca de assegurar novas receitas e trazer tecnologias avançadas para o Estado, foi formalizada uma parceria estratégica com a Google Brasil para o fornecimento de serviços tecnológicos - e outras parcerias semelhantes já estão sendo trabalhadas para que a MTI possa se consolidar como o grande provedor de serviços de tecnologia para o Governo e para os demais clientes contribuindo para o desenvolvimento do Estado. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114