» mais
Comentar           Imprimir
Pesquisa/Tecnologia
Quinta, 13 de junho de 2019, 15h59

Cursos preparam implantação do Sistema Estadual de Museus


Com o tema “Diálogos Museológicos”, a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) levou informações sobre o Sistema Estadual de Museus (Sisem), plano, conservação e museológica a municípios do interior de Mato Grosso. Na segunda-feira (10.06) uma palestra foi oferecida em Rondonópolis e nessa quarta-feira (12.06), profissionais de Barra Garças tiveram a oportunidade de participar de uma oficina.

.

A formação é uma das etapas para a implantação do Sistema Estadual de Museus de Mato Grosso e visa capacitar os profissionais que atuam nos equipamentos existentes no Estado. Quarenta e cinco pessoas participaram das capacitações nos dois municípios.

 

“Como Mato Grosso é muito grande, a iniciativa de levar esses cursos para o interior deverá trazer resultados positivos. Pessoas de todas as regiões do Estado podem ter acesso a informações relevantes para melhor organização dos museus”, explica Maurício Selau, um dos representantes da empresa Viés Museologia e Patrimônio – que foi contratada por meio do convênio federal entre a Secel e o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Em Rondonópolis, o evento ocorreu no Museu Rosa Bororo e apresentou informações sobre o Sistema Estadual e sobre as operações técnicas necessárias para que um espaço seja considerado museu.

A oficina em Barra do Garças foi precedida por uma reunião com dirigentes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Araguaia, que tratou de assuntos pertinentes ao Museu de História Natural do Araguaia (MuHNA), aberto ao público em 2018. Para as coordenadoras do MuHNA, professoras Luana dos Anjos Ramos e Márcia Cristina Pascotto, a ida da Secel e da Viés Consultoria ao município possibilitou avanços para a gestão do espaço.

“Tanto a reunião quanto a oficina foram extremamente importantes. Conseguimos reforçar a importância do museu para a instituição e para a cidade, e até destravar um processo burocrático para sua criação. E na capacitação, nossos estudantes monitores tiveram o entendimento de todo o processo museológico, conseguindo perceber tudo o que a gente precisa fazer para que o museu consiga se desenvolver e crescer cada vez mais”, elogia a professora Márcia.

“Foi uma oficina muito importante para aqueles que participaram, pois trouxe um pouco do que é museologia, o que é plano museológico, acervo e a conservação desse acervo. Estamos começando com um trabalho bem embasado”, finaliza a professora Luana.

 

Sistema Estadual de Museus

O projeto de implantação do Sistema Estadual de Museus foi contemplado em convênio federal entre a Secel e o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e deverá impactar positivamente na maneira como as instituições regionais trabalham, atuam e se relacionam.

Em fase final de consolidação, o Sisem vai garantir a disponibilização de uma plataforma de dados e informações para dar suporte e implementar programas de modernização e salvaguarda dos acervos, ampliar e diversificar a comunicação com o público e ainda garantir a formação e capacitação de profissionais que atuam nos museus mato-grossenses.

Outros cursos já foram oferecidos por meio do convênio, como a oficina de Plano Museológico e o curso de Reserva Técnica. O acordo ainda possibilitou a compra de equipamentos de informática e móveis a serem usados na organização do Sistema Estadual. Além de Cuiabá, Rondonópolis e Barra do Garças, outros municípios serão contemplados com cursos de formação museológica.

Segundo levantamento da Superintendência de Patrimônio Histórico e Cultural da Secel, o Estado possui 45 museus, incluídos os municipais, estaduais e federais, além dos privados. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114