» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Quarta, 17 de maio de 2017, 15h52

Wancley pede que governo intensifique ação de segurança na fronteira


A população que reside nos municípios de fronteira com a Bolívia, na região oeste do estado, está passando por diversos problemas relacionados com a segurança pública. Somente neste mês, em dois casos, nove pessoas foram sequestradas e duas camionetes roubadas.

Em ambas as situações, em Pontes e Lacerda e Araputanga, as vítimas foram abandonadas próximas a Bolívia. Com as camionetes, os bandidos adentraram o país vizinho. O deputado Wancley Carvalho (PV), que atuou como policial civil na delegacia de Pontes e Lacerda, relata que o roubo de veículos é prática comum naquela região.

“A proximidade com a Bolívia e a dificuldade de fiscalização são atrativos para os bandidos que, rotineiramente, roubam veículos na região. Camionetes e motocicletas são os preferidos; geralmente são trocados por drogas, sobretudo pasta base de cocaína”, declarou Wancley.

O parlamentar pediu ação efetiva da Secretaria de Estado de Segurança Pública, durante conversa com o secretário da pasta, Roger Jarbas. “É preciso intensificar a segurança, para coibir essas práticas e restabelecer a ordem pública”, afirmou.

Crimes - No último sábado (14), o apresentador da afiliada da TV Record de Pontes e Lacerda, Antonio Luiz Neto, esposa, filha e genro foram abordados por bandidos no centro da cidade. Feita refém pelos criminosos, a família foi abandonada próxima à fronteira com a Bolívia, após horas de tensão e tortura psicológica. Os assaltantes seguiram rumo ignorado com a camionete, modelo Fiat Toro, do apresentador.

Já na quarta-feira (3), dois vereadores de Araputanga, uma criança e outro homem foram rendidos. A intenção dos bandidos era roubar a camionete S-10 do vereador Luiz Seixas (PSB). Junto com ele, a vereadora Sandra Lopes (PSD), o filho de Seixas, de nove anos, e outro homem, que estava próximo ao local da abordagem, foram feitos reféns.

Em poder dos bandidos por várias horas, foram abandonados na comunidade de Corixa, na divisa com a Bolívia. Nos dois casos, nenhum dos veículos foi recuperado. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114