» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Quinta, 12 de abril de 2018, 21h32

Deputado Romoaldo apresenta moção de aplausos a projeto social Atletas do Rei


O deputado Romoaldo Júnior (MDB) apresentou uma Moção de Aplausos aos senhores Felipe Teixeira Rabelo Machado e Júlio Cesar Santos, coordenadores e fundadores do Projeto Social Atletas do Rei, desenvolvido no bairro Coophema, em Cuiabá que completou três anos de funcionamento no mês de março.

O reconhecimento público foi manifestado durante sessão plenária na tribuna da Assembleia Legislativa. Ao iniciar a defesa da Moção, o parlamentar fez uma breve explicação sobre o objetivo do projeto que oportuniza o acesso de crianças e adolescentes a prática desportiva, orientação pedagógica e religiosa, contribuindo significativamente para a formação do caráter desses cidadãos.

“Queremos parabenizar o idealizadores deste projeto, pela excelência, compromisso, dedicação e amor demonstrados na coordenação da iniciativa. Com esta Moção Aplausos expressamos o sentimento da sociedade do Estado de Mato Grosso, manifestando a consideração e agradecimento desta Casa de Leis”, declarou Romoaldo.

Na justificativa da moção o deputado ressaltou que a luta é a principal atividade do projeto, que por meio do esporte alavanca a autoestima e condiciona o atleta a enfrentar inúmeras adversidades no tatame, preparando-o para suportar problemas que poderão surgir ao longo de sua vida. O deputado lembrou que disciplina, caráter, ética, esportividade, respeito ao próximo, amor próprio e autopreservação são alguns dos conceitos que o projeto busca para adolescentes e jovens vitimados pelos mais variados tipos de problemas na sociedade.

A orientação pedagógica e religiosa faz parte da formação do indivíduo e o Projeto Social Atletas do Rei busca oferecer informações importantes com palestras de profissionais, esportistas e outros colaboradores que passam, gratuitamente, um pouco de sua experiência de vida através do projeto. Atualmente o projeto assiste 80 crianças. Dois requisitos são indispensáveis para poder participar: a criança deve estar matriculada na escola e apresentar bom rendimento.

“O projeto proporciona educação, esporte, alimentação e traz motivação para o jovem, dando condições para que ele saia da dura realidade em que vive, apresentando a perspectiva de um futuro melhor”, explanou Romoaldo Júnior.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114