» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Quinta, 07 de junho de 2018, 08h38

Botelho empossa Ademir Brunetto durante sessão legislativa


JL Siqueira
.

O presidente da Assembleia Legislativa (DEM), deputado Eduardo Botelho, deu posse durante sessão legislativa na noite de quarta-feira (06), ao suplente de deputado estadual Ademir Brunetto (PSB). Brunetto assume a cadeira na vaga do titular, deputado Baiano Filho (PSDB), que se licenciou do Parlamento por 121 dias.

Ademir Brunetto (PSB), que tem a base eleitoral em Alta Floresta, foi eleito em 2014 como segundo suplente na coligação com o MDB, PR, Pros e PCdoB, que também garantiu a eleição dos deputados Silvano Amaral (MDB), Wagner Ramos (PSD), Nininho (PSD), Baiano Filho (PSDB), Romoaldo Júnior (MDB), Sebastião Rezende (PSC) e Emanuel Pinheiro (MDB).

Brunetto teve 14,7 mil votos e não conseguiu ser eleito, ficando com a segunda suplência, atrás de Allan Kardec, que assumiu em 2016 a vaga de Emanuel Pinheiro, que deixou a Assembleia Legislativa para assumir a Prefeitura de Cuiabá.

“Fui eleito suplente pelo Partido dos Trabalhadores. Permaneci no partido por 20 anos e aproveitei a janela partidária, além de um convite do deputado Max Russi, para me filiar ao PSB. Volto em um novo partido, mas com a mesma consciência de cumprir nossa missão com o povo mato-grossense”, disse Brunetto.

Ele anunciou sua inclinação em estar na base do governo Pedro Taques (PSDB). “Quero ajudar a construir um estado melhor para o povo mato-grossense”, afirmou. Brunetto destacou a postura do deputado Baiano Filho em ceder espaço para sua posse na Casa de Leis.

O deputado Max Russi (PSB), presidente regional do partido, apontou satisfação com a posse de Brunetto e anunciou que o deputado também assume a liderança do PSB durante sua permanência na Assembleia Legislativa. Os deputados Romoaldo Júnior (PMDB), Pedro Satélite (PSD), José Domingos (PSD), Dr. Leonardo (Solidariedade) e Ondanir Bortolini (PSD) também deram boas vindas ao novo deputado.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114