» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Quarta, 13 de junho de 2018, 20h02

Ciclistas, moradores e comerciantes já usufruem de duplicação da Estrada da Chapada


.

O cozinheiro Valtercy Alves, 46 anos, já está utilizando a ciclovia construída no canteiro central da Rodovia Emanuel Pinheiro, a MT-251, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães. A obra de duplicação da rodovia está em fase final e deve ser entregue no final do mês de julho.

“Percorro todos os dias o trecho entre os bairros Santa Helena e Jardim Vitória, ida e vinda, e antes tinha que dividir o espaço com os carros e motos. Estou bem satisfeito, porque Cuiabá quase não tem ciclovia e espero que conclua logo”, disse o ciclista.

A duplicação da MT-251 conta com serviços de pavimentação, terraplanagem e construção de quatro rotatórias, que estão 92% concluídos. A última fase da obra é justamente a finalização da construção das calçadas e ciclovia, além da arborização de trecho de 3,6 quilômetros.

Quem também aproveita parte conclusa da obra é o morador do bairro Paraisópolis, Edson da Silva, que deixou de usar o carro para se locomover no trecho. Ele contou ter visto muitos acidentes antes da duplicação da Emanuel Pinheiro.

“Principalmente na saída do bairro, os motoristas entravam ‘com tudo’ na rodovia para fazer retorno, mas agora tem a rotatória e melhorou muito para nós, moradores. Outra coisa que já está muito melhor é que agora posso sair com as minhas crianças para ir ao mercado a pé, aproveitando a calçada, pois é mais tranquilo”, observou Edson.

O Governo do Estado também publicou, na semana passada, a empresa vencedora do processo licitatório para a implantação da iluminação ao longo da rodovia. E, nas próximas semanas, iniciará a sinalização definitiva de trânsito, horizontal e vertical, nos 3,6 quilômetros da MT-251.

Para o dono de uma borracharia, Aécio Daniel de Souza, as melhorias na rodovia o incentivaram a investir no estabelecimento, que tem há 30 anos, na busca de atender melhor a freguesia. “É uma obra que beneficia toda a sociedade, vai resolver, principalmente, nos horários de pico e melhorar o fluxo de veículos. Aqui na borracharia o movimento deu uma caída, mas não foi culpa da obra, caiu o movimento geral. Enquanto isso, estamos investindo para atender melhor quando a obra ficar pronta”, pontuou o borracheiro.

 

Ainda na busca de solucionar impactos no trânsito da região, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) trabalha na construção da trincheira de 365 metros, que ficará no entroncamento entre a Rodovia Emanuel Pinheiro e a Helder Cândia, a conhecida Estrada da Guia (MT-010), que já está com 70% da obra executada.

“Queremos liberar o mais rápido possível um acesso parcial sentido Avenida República do Líbano em direção à MT-251, passando pelo Atacadão. Essa medida vai desafogar o fluxo nos desvios e facilitar o tráfego”, afirmou o secretário da Sinfra, Marcelo Duarte.

A Estrada da Guia também passa por obras de duplicação. Terraplanagem, concretagem de calçadas e plantio de gramas nas laterais das calçadas estão em andamento, no trecho de 4,9 quilômetros, com 53% dos serviços executados.

De acordo com Marcelo Duarte, o serviço de reconstrução do trecho antigo da rodovia continua sendo executado, conforme cronograma e está dentro do prazo. A entrega dos novos 92 quilômetros, que ligam Cuiabá a Rosário Oeste, está prevista para o próximo semestre. Até o momento, foram concluídos 76% da obra.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114