» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Sexta, 22 de junho de 2018, 09h37

Plano Municipal de Educação de Cuiabá é tema de audiência pública


A Assembleia Legislativa de Mato Grosso realizou na tarde desta quinta-feira (21), audiência pública para discutir o Plano Municipal de Educação (PME) de Cuiabá. O debate foi solicitado pela Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto da ALMT e reuniu representantes, profissionais da área e estudantes.

De acordo com o presidente da comissão, deputado estadual Allan Kardec (PDT), o objetivo do encontro foi de conciliar as discussões do Plano Estadual de Educação com as do planejamento da capital. “Precisamos trabalhar articulados. Não podemos ter coisas diferentes em cada plano”, explica o parlamentar. “E essa discussão precisa passar pela Assembleia Legislativa, que deve ser protagonista nesse debate”, completa Kardec.

Os dois planos se referem ao período de 2015 a 2024 e possuem metas a serem alcançadas na educação pública e privada, assim como estratégias para se atingir esses objetivos. O planejamento é revisado periodicamente por representantes da educação, que avaliam o cumprimento das metas. Essa audiência pública antecedeu a 1ª Conferência Municipal de Avaliação do Plano Municipal de Educação de Cuiabá, marcada para a segunda-feira (25). “Queremos chegar lá com o plano já debatido”, afirma Kardec.

A secretária-adjunta de Educação do município, Edilene Machado, avalia que o PME foi elaborado contando com recursos do pré-sal que não vieram. Metas ousadas para a época se mostraram impossíveis de serem atingidas diante do cenário político e financeiro atual, segundo ela. A 2ª meta é uma delas. O planejamento prevê que 50% das crianças de 0 a 3 anos sejam atendidas em creches até 2020.

O presidente do Conselho Municipal de Educação, Luiz Jorge, também chama atenção para esse problema. Por outro lado, ele destaca que muitas metas foram alcançadas em percentuais consideráveis. Responsável pela palestra sobre a situação das ações planejadas durante a audiência pública, Luiz Jorge deu como exemplo o cumprimento da meta de atender 100% das crianças na faixa etária de 4 e 5 anos de idade na pré-escola até 2016, além de citar que as taxas de evasão escolar são baixas em Cuiabá.

Também participaram da discussão o deputado Wilson Santos (PSDB), membro da Comissão de Educação da ALMT e o vereador Gilberto Figueiredo, presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal de Cuiabá.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114