» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Sábado, 07 de julho de 2018, 11h49

Biondi, marketeiro de Dória, comandará campanha de Carlos Fávaro ao Senado


Redação

Carlos Fávaro






Em uma reunião com a equipe Nova Estratégia Comunicação, nesta quinta-feira (05), na capital paulista o pré-candidato ao Senado Federal, Carlos Fávaro, fechou com o publicitário Nélson Biondi para fazer sua campanha no estado. Nas eleições deste ano, Biondi será responsável, exclusivamente, pelas campanhas do empresário João Dória, para governador do estado de São Paulo e de Fávaro para senador por Mato Grosso. O presidente do PSD também contratou o escritório de advocacia José Patrocínio para atender a área jurídica e contábil.

No dia 5 de abril passado, usando como justificativa incompatibilidade administrativa e política para coordenar um novo projeto de gestão para Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD) renunciou o cargo de vice-governador na chapa eleita com Pedro Taques (PSDB). 

Fávaro, que foi um dos maiores responsáveis para a viabilização da candidatura do governador Pedro Taques (PSDB), assumiu a secretaria de Meio Ambiente por onde - ao contrário das críticas - desenvolveu um trabalho de resultados na pasta. Contudo, no último ano (2017) deixou transparecer no semblante insatisfação com o modo de gestão do titular, Pedro Taques. Alguns dos episórios foi marcado no caso dos grampos ilegais (conhecido como Grampolândia Pantaneira) em que Taques defendia seus aliados, dentre eles o então secretário de Segurança Pública, o delegado Rogers Jarbas, que chegou a ser preso a mando do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.  Em outubro o delegado pediu exoneração do cargo de secretário. 

"Decidi aliar a experiência do melhor escritório publicitário do país atualmente com o talento de uma equipe mato-grossense, com produtora local e profissionais da área de comunicação. Optei pela agência do Biondi porque irá fazer somente a minha campanha e a do João Dória", ressaltou Fávaro. 

Veja mais
'Pela ética e o que exige a sociedade', Fávaro pede renúncia do cargo de vice-governador

Á época que renunciou do cargo de vice-governador, em nota ao PlantãoNews, Carlos Favaro afirmou que não poderia se dedicar a esse propósito, fortalecendo o partido para as candidaturas proporcionais e majoritárias recebendo o salário mensal de R$ 20 mil e nem continuar utilizando toda a estrutura que dá apoio à Vice-governadoria", frisando que o cidadão hoje pede condutas éticas na política.

O marketeiro

Entre diversos trabalhos, Nelson Biondi foi responsável pela reeleição do governador Geraldo Alckmin em 2014 e também coordenou o marketing do governador Beto Richa, em 2010 do governo do Paraná. Em 2002, junto com Nizan Guanaes dirigiu e coordenou a campanha de José Serra à Presidência da República.

Equipe de trabalho:

Coordenador Geral: Antônio Mercador
Coordenador de Imprensa: João Edisom
Atendimento: Edson Giusti
Redator: Luiz César Barata
Diretor de Arte: Roberto Bocca
Tráfego: Ana Luíza
Arte Finalista: Giscard Rezende
Coordenador de Marketing Digital: Letícia Pedralli
Coordenador Jurídico e Contábil: José Patrocínio Brito Junior


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114