» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Sexta, 14 de setembro de 2018, 10h13

ALMT e Ordem dos Advogados promovem debate entre candidatos ao governo


Os cinco candidatos a governador de Mato Grosso confirmaram presença ao debate que acontecerá no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso (OAB/MT), na próxima quinta-feira (20), a partir das 20 horas. O evento – resultado de parceria entre a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e a OAB/MT – será transmitido ao vivo pela TVAL e Rádio Assembleia e mediado pelo jornalista Anderson Sartori, da emissora televisiva.

A plateia será composta por advogados, estagiários, e interessados registrados na instituição anfitriã – há apenas 150 vagas e as inscrições, abertas na última quarta-feira (12), serão encerradas nesta sexta (14). Entre os presentes cinco serão sorteados para fazer perguntas aos candidatos, no terceiro bloco.

Antes, no primeiro bloco, o presidente da OAB/MT, Leonardo Campos, fará uma pergunta destinada a todos os postulantes ao governo. Conforme a ordem definida previamente em sorteio, Pedro Taques (PSDB), Moisés Franz (PSOL), Wellington Fagundes (PR), Mauro Mendes (DEM) e Arthur Nogueira (Rede Sustentabilidade), terão dois minutos para resposta.

No segundo bloco, os candidatos farão questionamentos entre si, com temática livre - um minuto para pergunta, dois minutos para resposta, trinta segundos para réplica e igual tempo para tréplica.

No quarto bloco os candidatos tornam a fazer perguntas entre si – a diferença é que não haverá tréplica e o tempo para réplica será de um minuto. Depois que todos tiverem perguntado e respondido, terão um minuto para considerações finais.

Ao longo do debate, qualquer candidato que se sentir ofendido pessoal ou moralmente poderá pedir direito de resposta, cujo cabimento será avaliado por uma comissão composta por três representantes da OAB/MT – os juristas Samir Hammoud, Hélio Nishiyama e Luiz Alberto Derze.

TRANSPARÊNCIA

A parceria para realização e transmissão do evento segue a determinação da Mesa Diretora da ALMT para tornar cada vez mais transparente o pleito, em conformidade à legislação eleitoral. O encontro também é parte da campanha “Voto não tem preço, tem consequência”, desenvolvida pela OAB/MT.

“O eleitor tem que ser o protagonista do pleito”, sintetiza o presidente da instituição, Leonardo Campos.

Conforme o superintendente da TVAL, Wanderley Oliveira, o objetivo do debate é proporcionar o conhecimento público sobre os planos de governo de cada candidato. “É importante para que os eleitores tenham acesso à plataforma de trabalho dos postulantes a governador”, assinala.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114