» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Segunda, 25 de fevereiro de 2019, 12h36

Desenvolve-MT reduz custos e se prepara para ampliar receita


Tchélo Figueiredo
 

O plano de recuperação administrativo-financeira da Desenvolve-MT teve início há cerca de 20 dias e já conseguiu uma redução de custos significativa. Houve decréscimo de 29% na folha de pagamento e de 60% nos contratos administrativos.

Antes do ajuste, o valor anual de despesas como aluguel de prédio, carros, serviços terceirizados, combustível, energia, estagiários, vigilância e impressão eram de R$ 1,7 milhão e, após a repactuação houve uma redução em R$ 582,5 mil.

Segundo o presidente da Desenvolve-MT, Levi Salies, a agência entrou em contato com os empresários para renegociar as reduções e em alguns casos, houve a dissolução do contrato, como foi o caso da unidade do programa “Endereço Certo”, que custava R$ 360 mil por ano. A unidade retornará para um prédio próprio da agência de fomento, localizado na Rua 13 de Junho, em frente ao Hemocentro.

Outra medida impactante foi a devolução de 3 dos 4 carros da agência para a locadora. Com um quadro de funcionários menor, a demanda pelo serviço reduziu e ainda foi empregada uma rotina de saída para otimizar o trabalho. Para os casos extras, adotou-se o Uber. Neste contrato, no qual eram empregados R$ 164 mil anuais, passou a ser de R$ 17.280 anuais.

Com apenas um carro, a despesa com combustível também caiu, saindo de R$ 158 mil anuais para R$ 12 mil anuais, o que representa R$ 1 mil por mês.

Recursos Humanos

A Desenvolve-MT tinha no quadro de funcionários 86 empregados, efetivos e comissionados, e após os cortes, restaram 55. Salies explica que a distribuição das pessoas é consonante com o plano de recuperação administrativo-financeiro apresentado e aprovado pela Assembleia de Acionistas, que ocorreu no dia 4 de fevereiro deste ano.

Redução de custos e ampliação da receita são as duas diretrizes do plano. Então, os empregados estão focados nas unidades de cobrança, sendo que nos próximos meses, será lançado um Mutirão de Conciliação. O evento oferecerá alguns benefícios, como a redução de juros para os clientes que quiserem ficar em dia com a agência e assim, recuperar o crédito.

Dessa forma, com o aumento da receita, ampliar as operações de crédito nos setores que o Governo entender prioritários. Paralelo a isto, os bancos estão sendo procurados com objetivo de aumentar a porcentagem paga à Desenvolve-MT pelas operações realizadas. Com isto, espera-se aumentar os ganhos e também a capilaridade do MT-Card.

Outras ações previstas na programação são: a elaboração uma programação de eventos e missões para atração de investimentos; já está confirmada a segunda edição da Feira de Franquias, que no ano passado, rendeu R$ 12 milhões em negócios e reuniu mais de 120 franquias.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114