» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Quinta, 07 de março de 2019, 09h34

Governo estuda deslocar horário de expediente sem redução de carga horária


A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) realizou um levantamento sobre a tarifa de energia elétrica, constatando que o deslocamento da carga de consumo trará uma economia de cerca de R$ 100 mil mensais apenas no Centro Político Administrativo, totalizando R$ 1,2 milhão ao ano.

Isso porque a partir das 17h30min a tarifa de energia elétrica passa de R$ 0,31 o quilowatt hora para R$ 1,48. Um aumento de 380%.

A proposta é deslocar o horário de expediente, antecipando a entrada e a saída dos servidores em meia hora diariamente, sem alterar a carga horária. Ou seja, o horário de entrada passaria a ser 7h30min e de saída 17h30min.

A medida tem como um dos objetivos atingir a meta de redução de despesas estipulada em 20%, visando cumprir o decreto nº 8/2019 que estabelece diretrizes para controle, reavaliação e contenção das despesas em toda a administração direta e indireta. A mudança também visa melhorar a qualidade de vida dos servidores públicos, que poderão entrar e sair mais cedo do trabalho, evitando os horários de pico no trânsito.

A Seplag informa que essa proposta de alteração de horário ainda será apresentada ao governador Mauro Mendes.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114