» mais
Comentar           Imprimir
Política MT
Sábado, 01 de janeiro de 2011, 18h45
Ministério

Dilma empossa ministros, sendo nove mulheres


Brasília – Os ministros da presidenta da República, Dilma Rousseff, foram empossados hoje (1º) no Palácio do Planalto, logo após o recebimento dos cumprimentos das autoridades estrangeiras que vieram assistir à posse. Dilma recebeu um a um para a assinatura do termo de posse e, logo depois, todos posaram para a primeira foto oficial da equipe de governo.

Tradicionalmente o primeiro ministro a tomar posse é o da Justiça, por ser a pasta mais antiga. Por isso, José Eduardo Cardozo foi o primeiro a assinar o termo, seguido de Antonio Palocci, chefe da Casa Civil da Presidência da República.

Entre os 37 ministros, nove são mulheres: Miriam Belchior, do Planejamento; Iriny Lopes, da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres; Mária do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos; Ana de Hollanda, da Cultura; Ideli Salvatti, da Secretaria de Aquicultura e Pesca; Helena Chagas, da Secretaria de Comunicação Social; Luiza Helena de Bairros, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial; Tereza Campello, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome; e Izabella Teixeira, do Meio Ambiente.

Vários ministros empossados hoje fizeram parte da equipe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva: Antonio Palocci, que foi ministro da Fazenda; Gilberto Carvalho, que foi chefe de gabinete do ex-presidente e volta como secretário-geral da Presidência; Luís Inácio Adams, advogado-geral da União; Jorge Hage, controlador-geral da União; Wagner Rossi, da Agricultura; Guido Mantega, da Fazenda, que começou no governo Lula como ministro do Planejamento e ocupou a presidência do Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES); Nelson Jobim, da Defesa; Fernando Haddad, da Educação; Orlando Silva, do Esporte; Izabella Teixeira; Edison Lobão, de Minas e Energia; Carlos Lupi, do Trabalho; Alfredo Nascimento, dos Transportes; Alexandre Padilha, que ocupava a Secretaria de Relações Institucionais e, agora, assume o Ministério da Saúde.

ABr


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114