» mais
Comentar           Imprimir
Polícia
Quarta, 27 de junho de 2018, 12h16

Suspeitos são presos por furto, estelionato e formação de quadrilha


O casal identificado como L.C.C.S., 21 anos, e M.P.M.S., 27, foi preso na terça-feira (26.06), no início da tarde, tentando passar um cheque no valor de R$ 1.752,00 no supermercado Mendonça, no bairro Jardim das Mangueiras, em Barra do Garças. O cheque estava em nome de M.A.C.P., 48 anos, que informou os policiais da Força Tática que atendiam a ocorrência não ter passado cheque para ninguém e que o mesmo foi roubado. Em outra oportunidade os suspeitos deram prejuízo de aproximadamente R$ 12 mil em cheques furtados.

Segundo L.C.C.S., 21 anos, eles teriam pego o cheque de R$ 1.752,00 com Divininho e Neuza, e que teriam proposto para que ficassem com a compra, se conseguissem passar o cheque e devolvessem apenas o troco. Funcionários do estabelecimento acreditam que os dois integram um grupo que teria passado cheques furtados em outras unidades do mercado em datas distintas.

Uma testemunha também disse ter recebido cheques furtados e que na ocasião o autor do golpe estava com o referido casal. Na dúvida de pudessem estar com mais folhas de cheques, policiais realizaram buscas na residência de M.P.M.S. Em cima da estante da sala foi encontrada uma porção de droga aparentando ser maconha e um dichavador. E num dos quartos, em uma mala preta foi encontrada uma toca ninja.

O casal foi encaminhado para a Central de Atendimento para registro do Boletim de Ocorrência e entregue na Delegacia de Polícia Judiciária Civil, juntamente com o material apreendido, incluindo três celulares de diferentes marcas e danificados..

Mandado por estelionato

Policiais de Chapada dos Guimarães também prenderam, na terça-feira (26), às 10h, um homem com mandado de prisão em aberto, suspeito de cometer golpes de estelionato na cidade. O suspeito J.R.S., 45 anos estava na rodoviária e além do mandado em aberto pela Comarca de Comodoro/MT, possui várias passagens criminais.

Segundo as informações repassadas pelo 190, no ano passado o suspeito fez várias vítimas em Chapada dos Guimarães. Ao ser abordado ele forneceu nome falso, como sendo M.D.S.P., mas não tinha nenhum documento pessoal. Como foi reconhecido por J.L. que acionou a polícia, foi conduzido até a Delegacia de Polícia local para esclarecimentos e acabou confessando suas práticas criminosas e revelou o verdadeiro nome. Disse ainda, que realmente a intenção era praticar golpes pela cidade e que na maioria das vezes se hospedava em um hotel como se fosse empresário.

J.R.S. convencia as vítimas a depositar certa quantia em dinheiro, dizendo que estava com o caminhão quebrado com mercadorias e que ao arrumar, devolveria o dinheiro com juros.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114