» mais
Comentar           Imprimir
Polícia
Quinta, 20 de setembro de 2018, 13h26

Após localização de corpo de adolescente, homem é preso em Colniza


.

Uma ação da Polícia Judiciária Civil, com apoio da Polícia Militar, identificou e prendeu um homem suspeito de envolvimento no crime que vitimou a adolescente Kesia Letícia França da Silva, 14, em Colniza. O corpo da menor foi encontrado, no final da tarde de terça-feira (18.09), em uma cova rasa, no depósito de resíduos sólidos do município.

A equipe policial recebeu informações de familiares da vítima sobre provável local onde poderia estar o corpo da adolescente. A informação de onde estaria o cadáver teria sido repassada pelo suspeito Rodrigo José Grasse, 32, preso também na terça-feira (18).

Próximo ao corpo da jovem foram encontrados pertences de Kesia e as roupas que a menor usava no dia em que desapareceu (08.09, por volta das 18h).

O suspeito chegou a levar familiares e conhecidos da vítima até o lixão. Mas não apontou com precisão o local. Ele também foi indicado por outras testemunhas como o autor de diversas ameaças de atentados contra a vida caso contassem que ele sabia do fato.

Detido em um bar, próximo a feira municipal, Rodrigo foi conduzido à Delegacia de Colniza e interrogado pelo delegado Alexandre da Silva Nazareth.

O investigado negou participação no homicídio, disse que sabia apenas onde estava o corpo da adolescente, e apontou um outro suspeito como o responsável pela morte.

Todas as informações levantadas nas oitivas e depoimentos serão analisadas no transcorrer do inquérito policial e confrontadas com demais atos de investigação.

Na quarta-feira (19) o delegado Alexandre da Silva Nazareth representou pela prisão preventiva de Rodrigo, com parecer favorável do Ministério Público, e decretação do Judiciário no mesmo dia, por suspeita de envolvimento nos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Também foi requisitado junto à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) os exames periciais de local de crime, necrópsia e DNA do corpo da vítima.

 

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114