» mais
Comentar           Imprimir
Polícia
Quinta, 04 de outubro de 2018, 17h46

Suspeitos amarram família para roubo em Várzea Grande e são presos


.

Quatro suspeitos foram presos pela PM, na noite de ontem (03.10), no bairro 15 de Maio, em Várzea Grande, depois de cometerem um crime no bairro Cidade de Deus. Dois dos envolvidos são adolescentes, um casal de 14 e 15 anos. Na ação, invadiram uma residência, renderam e amarraram as vítimas que foram mantidas em cárcere privado, sob ameaça de uma pistola 7.65. E roubaram diversos pertences, incluindo uma S10 Executive. A arma em questão pertence a um policial, tendo sido roubada em 26 de agosto deste ano. Um carregador com seis munições intactas também estava em poder dos suspeitos.

Os policiais avistaram a camioneta cruzando a Rodovia dos Imigrantes, mas o condutor do veículo Matheus da Silva Costa, 24 anos, continuou na fuga, sendo seguidos pela viatura. Com a ajuda de outras equipes policiais o suspeito não teve alternativa e parou. Com ele nada foi localizado, mas já constava o roubo do veículo ocorrido minutos antes no bairro Cidade de Deus.

.

Moradores viram a camioneta saindo de uma residência na mesma rua da ação criminosa e informaram a polícia. Ao checar o endereço, localizaram os produtos roubados com os suspeitos Mikaeli Santa Ana Santos, 20, P.C.S.R., 14, E.G.N., 15, sendo notebook, ventiladores, carregador portátil, sanduicheira, botijão, celular, TV 32 polegadas, ferro de passar e até um garrafão de água aberto. Eles disseram que os produtos teriam acabado de chegar trazidos por Matheus da Silva e o menor E.G.N. A filha da suspeita Mikaela, de um ano, foi entregue a uma conselheira tutelar.

Todos os envolvidos foram encaminhados para confecção do Boletim de Ocorrência. A vítima reconheceu os autores do crime, executado com agressão física e psicológica. Nesse momento o menor confessou que a pistola 7.65 mm com as munições estava embaixo da cama de casal no seu quarto. Os policiais foram até a casa e localizaram a arma no local informado.

Ao checar a arma, com auxílio do Gefron, constatou-se ser de um policial militar, que relatou o furto da mesma ocorrido em 26 de agosto deste ano, tendo inclusive registrado o boletim de ocorrência do fato. No caso, a arma foi recuperada nesta ação.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114