» mais
Comentar           Imprimir
Polícias
Sexta, 01 de fevereiro de 2019, 05h57

Presos em Novo São Joaquim suspeitos do latrocínio de taxista de Goiás




Na manhã desta quinta-feira (31.01), policiais do Núcleo da Polícia Militar e da Polícia Judiciária Civil de Novo São Joaquim e de Campinápolis (a 488 e 540 km de Cuiabá) prenderam três suspeitos do latrocínio do taxista goiano Francirrênio Cabral Florestinha. Também apreenderam o carro dele, um Chevrolet Prisma.
 

.


 

Cabral era morador da cidade de Quirinópolis, estado de Goiás, e estava desaparecido desde a quarta-feira (30). A informação é que o corpo dele, com diversas perfurações de faca, foi encontrado em um lixão na cidade de Rio Verde.

A prisão de L.S.N., 20, R.R.R., 18, e B.J.R.S., 18, aconteceu na entrada da cidade de Novo São Joaquim, por volta das 10h. A ação teve como ponto de partida informações sobre as características do veículo repassadas pela PM de Nova Xavantina e Barra do Garças.

Os policiais montaram uma barreira na rodovia com o objetivo de abordar o Prisma. Quando foram detidos, os suspeitos negaram participação no crime, mas logo depois, conforme narrativa dos policiais, confessaram o assassinato do taxista. A informação é que eles pretendiam se esconder na região, onde têm familiares.

O local onde ocorreu a prisão dos suspeitos está a mais de 700 quilômetros de Quirinópolis. Os três e o veículo foram conduzidos à delegacia de Barra do Garças.

A Polícia Militar de Goiás agradeceu o empenho da PM mato-grossense em localizar o veículo e prender os suspeitos.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114