» mais
Comentar           Imprimir
Polícias
Segunda, 06 de dezembro de 2010, 20h20

Reunião gerencial avalia desempenho das unidades da Polícia Judiciária Civil


O desempenho das delegacias da Polícia Judiciária Civil foi pauta da 4ª Reunião Gerencial, realizada nesta segunda-feira (06.12), na Academia de Polícia (Acadepol), em Cuiabá. Diretores, delegados regionais, delegados titulares da capital, corregedores, investigadores, escrivães e técnicos foram convocados para apresentar a produtividade de suas unidades e setores, com foco no fechamento do ano.

O delegado geral, Paulo Rubens Vilela, considerou importante aferir a produtividade regularmente das unidades, analisar e realinhar ações para manter os dados positivos dos indicadores e assim fechar o ano com os índices positivos. “As estatísticas são acompanhadas para que possamos melhorar a sistemática de trabalho e com isso instituição ganha melhor visibilidade perante a sociedade”, analisa Vilela.

Com um formato mais democrático, a reunião gerencial, na gestão da atual diretoria abriu espaço para investigadores, escrivães e técnicos exporem o trabalho que realizam e também conhecerem as atividades desenvolvidas por outras delegacias. “É necessária essa participação porque a polícia é constituída de todas as categorias”, frisa Vilela, que destacou também as operações realizadas e aprimoramento das investigações dos inquéritos policiais.

Para o delegado geral, a participação dos policiais nos encontros acaba refletindo nas investigações e nas operações, uma vez que se sentem motivados vendo as ações dos colegas.

Da mesma opinião partilha o delegado plantonista, Celso Renda. “São reuniões positivas porque a gente passa a conhecer o trabalho dos colegas. Cada unidade é uma engrenagem do sistema mais complexo que é a Polícia Civil”, analisa. “É o momento para os delegados conhecerem a toda a estrutura da PJC”, complementa o delegado Miguel Rogério Gualdas, do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) do Parque do Lago, em Várzea Grande.

O diretor de interior, delegado Jales Batista da Silva, em sua apresentação mostrou o desempenho das unidades na conclusão de inquéritos, na lavratura de flagrantes, a realização de mutirões para conclusão de procedimentos policiais antigos e, principalmente, o trabalho de correição realizado pela diretoria neste ano. Conforme o diretor, o resultado do trabalho de fiscalização identificou apenas cinco irregularidades, todas sanáveis, segundo Jales. “Avançamos muito na qualidade das investigações e no atendimento”, frisa.

O diretor metropolitano, delegado Marcos Veloso, também avaliou o trabalho das delegacias da capital, Várzea Grande e Baixada Cuiabana, e elogiou os esforços dos policiais em superar as deficiências para atender as atividades operacionais da Diretoria. Veloso disse que a Polícia Civil deu o pontapé inicial para garantir a segurança no fim de ano, com a operação Tentáculo, e que serão desenvolvidas ações focalizadas na área central do comércio, shoppings e regiões bancárias, bancos para dar mais tranquilidade aos comerciantes e as pessoas durante as compras natalinas.

Para o investigador Ademir Rodrigues, lotado na Delegacia de Indiavaí, circunscrita na Regional de Cáceres, o espaço aberto para a categoria enriquece o trabalho e valoriza a carreira policial.

Na reunião, o delegado Rogers Elizandro Jarbas, do CISC de Cáceres, frisou a questão do combate ao tráfico de entorpecentes na fronteira e defendeu a criação de mecanismos para atacar diretamente o tráfico internacional. Durante a reunião, cada diretoria, setores estratégicos e projetos de iniciativas das delegacias foram apresentados.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Em quem você votaria hoje para prefeito de Cuiabá?

Pedro Taques
Blairo Maggi
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114