» mais
Comentar           Imprimir
Mundo
Sábado, 06 de janeiro de 2018, 17h51

Guterres anuncia investigação sobre ataque a boinas-azuis na RD Congo


?Foto: MONUSCO/Alain Coulibaly?

Quinze soldados de paz morreram e mais de 40 ficaram feridos na ação mais letal contra uma Missão da ONU; secretário-geral escolhe especialista Dmitry Titov para liderar investigação especial.

As Nações Unidas estão lançando uma investigação especial sobre os ataques a soldados de paz ocorridos recentemente na República Democrática do Congo.

O foco será a ação de 7 de dezembro, que foi a que mais matou boinas-azuis nas últimas décadas: 15 morreram e 43 ficaram feridos. Um soldado continua desaparecido. Os mortos pertenciam ao batalhão da Tanzânia que serve à Missão de Estabilização das Nações Unidas na RD Congo, Monusco.

Prevenção

Na noite de sexta-feira, o secretário-geral António Guterres anunciou, por meio de seu porta-voz, a escolha de Dmitry Titov, da Rússia, para liderar a investigação especial. Ele trabalha na ONU desde 1991, tendo vasta experiência do Departamento de Operações de Paz da organização.

A equipe de investigação examinará as circunstâncias do ataque, avaliará o preparo e a resposta da Monusco e fornecerá recomendações sobre como prevenir ações do tipo.

Os trabalhos começam já neste mês de janeiro, com a equipe indo até a RD Congo e visitando também países da região africana dos Grandes Lagos. Além de oficiais da ONU, dois militares da Tanzânia fazem parte do painel.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114