» mais
Comentar           Imprimir
Mundo
Quarta, 31 de janeiro de 2018, 12h37

Votorantim Cimentos lidera ranking da Transparência Internacional


A Votorantim Cimentos lidera o ranking de um estudo realizado pela Transparência Internacional e divulgado nesta terça-feira (30/01). O levantamento "Transparência em Relatórios Corporativos" avalia as 100 maiores empresas e 10 bancos do país.

Realizado pela primeira vez, o estudo considera três aspectos para avaliar o nível de transparência corporativa das empresas: a maneira como divulgam suas informações sobre práticas anticorrupção; a estrutura organizacional e os dados financeiros relativos à atuação em outros países.

“Embora a pesquisa mostre que há uma correlação entre transparência e companhias com ações negociadas em bolsa, a Votorantim Cimentos se destaca como um bom exemplo entre as empresas de capital fechado ao superar a média geral, reflexo do nosso compromisso global com ética, compliance e transparência”, afirma Osvaldo Ayres, CFO da Votorantim Cimentos.

Em 2017, os empregados de todos os países em que a Votorantim Cimentos atua concluíram o treinamento do Código de Conduta da empresa, cujo programa de compliance passou a ser monitorado de forma ainda mais efetiva, com indicadores criteriosos. A companhia também criou um comitê de doações e patrocínios e reforçou globalmente suas políticas de brindes, entretenimento, conflitos de interesses e anticorrupção.

A Votorantim Cimentos, assim como a Neoenergia, do setor elétrico, alcançou média 10 no levantamento ao obter nota máxima no cumprimento de ambos critérios avaliados: programa anticorrupção e transparência organizacional. O levantamento utilizou a base de dados publicados pelo Valor 1000, organizado pelo jornal Valor Econômico.

“Acreditamos que a responsabilidade em atuar com conformidade aumenta a nossa eficiência operacional, a qualidade de nossos produtos e serviços e é fundamental para construção de relações duradouras”, afirma Ayres.

O relatório completo está disponível em www.transparenciacorporativa.org.br/trac2018/.
 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114