» mais
Comentar           Imprimir
Mundo
Quinta, 12 de abril de 2018, 15h55

Nações Unidas celebram hoje 57 anos do início da era espacial para a humanidade


As Nações Unidas celebram nesta quinta-feira, 12 de abril, o Dia Internacional do Voo Espacial Humano, data criada pela Assembleia Geral da ONU para “marcar o início da era espacial para a humanidade”. A informação é da ONU News.

A comemoração relembra o dia 12 de abril de 1961, quando o astronauta soviético Yuri Gagarin tornou-se o primeiro homem a ir para o espaço e sua nave orbitou a Terra. Segundo a ONU, “este evento histórico abriu o caminho para a exploração espacial, beneficiando toda a humanidade”.

O Dia Internacional do Voo Espacial é uma oportunidade para destacar a contribuição da ciência e da tecnologia para a conquista dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e garantir que o espaço seja utilizado apenas para fins pacíficos.

Astronauta brasileiro

Visando promover a cooperação internacional para o uso pacífico e exploratório do espaço, garantindo que as tecnologias espaciais continuem beneficiando diversos setores da vida humana, as Nações Unidas mantêm o Escritório para Assuntos do Espaço (Unoosa, na sigla em inglês), que busca regular o setor.

O setor agrícola, por exemplo, depende de informações de satélites para monitorar solos e eventos climáticos como secas e chuvas, informações essenciais para o sucesso das plantações e colheitas. Já os satélites de comunicação enviam sinais de voz, vídeo e imagens, tornando possível, por exemplo, a transmissão de canais de televisão e a troca de informações pelos celulares.

O site oficial do Unoosa traz uma galeria de fotos com mensagens de exploradores de vários países, incluindo o astronauta brasileiro Marcos Pontes, que diz que “o futuro da humanidade é apoiado pela educação, ciência e tecnologia. É nosso dever preparar as gerações futuras para termos um planeta sustentável”.

Marcos Pontes é também embaixador da Boa Vontade do Escritório da ONU para o Desenvolvimento Industrial (Unido).

ABr


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114