» mais
Comentar           Imprimir
Mundo
Terça, 02 de outubro de 2018, 12h12

Facebook pode ser multado na UE por falha de segurança; no Brasil MP abre investigação


.

Autoridades regulatórias de privacidade da União Europeia (UE) estudam a possibilidade de aplicar uma multa de até US$ 1,6 bilhão ao Facebook em decorrência da falha de segurança da rede social revelada na última sexta-feira (28), segundo informou o jornal Wall Street Journal. A Comissão de Proteção de Dados da Irlanda (DPC, na sigla em inglês) disse que quer mais detalhes, incluindo informações sobre usuários da UE afetados pelo problema. No Brasil, relatou o jornal O Estado de S.Paulo, o problema levou o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MP-DFT) a, por meio da Comissão de Proteção de Dados Pessoais, abrir investigação se brasileiros estão entre os usuários afetados.

Na Europa, o DPC informou estar “preocupado com o fato de essa vulnerabilidade afetar milhões de contas de usuários, mas o Facebook não consegue esclarecer neste momento a natureza da falha e o risco dela para os usuários”. Em resposta à reportagem do Wall Street Journal, um porta-voz do Facebook disse no último domingo (30) que a empresa vai responder as questões levantadas pelo DPC, e que vai manter as autoridades atualizadas sobre o assunto.

No Brasil, documento assinado pelo promotor de Justiça Frederico Meinberg Ceroy pede que o Facebook dê explicações se e como os brasileiros podem ter sido afetados no novo escândalo. O promotor ressalta que o incidente acontece há menos de dez dias do primeiro turno da eleição presidencial brasileira e pede que a ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), seja notificada da investigação. Representantes do Exército, Procuradoria Geral e da Agência Brasileira de Inteligência também foram avisados.

Procurado pelo jornal paulista, o Facebook disse que ainda não foi "notificado pelo Ministério Público do Distrito Federal". "Estamos à disposição para prestar esclarecimentos às autoridades sobre o ocorrido. O Facebook está levando isso muito a sério e adotou ações imediatas para proteger a segurança das pessoas", declarou a empresa.

Na última sexta-feira (28), o Facebook anunciou que hackers se aproveitaram de uma falha no sistema de segurança da rede social e tiveram acesso a 50 milhões de contas. O CEO da empresa, Mark Zuckerberg, usou seu próprio perfil na rede social para dizer que a empresa percebeu um incidente na terça-feira (25) mas que engenheiros do Facebook já tinham consertado o problema e que a companhia havia notificado a polícia americana. A rede social disse ainda que estava na fase inicial de investigações e por isso não sabia dizer se dados foram coletados e/ou usado de forma ilícita.

 ANJ


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114