» mais
Comentar           Imprimir
Esporte
Sexta, 06 de outubro de 2017, 10h37

Projeto Social completa sete anos nesta sexta-feira


.

O desenvolvimento de diversas ações preventivas, por meio de projetos sociais que buscam o resgate e instruem crianças e adolescentes às boas práticas, têm reafirmado o compromisso das unidades militares com a sociedade. O contato com os militares, além de despertar sonhos, promove a conscientização e transforma vidas.

Inserido neste plano, um dos mais antigos projetos executados por uma unidade da Polícia Militar, o “Judô Bope”, executado pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope), completa sete anos de existência. Para celebrar o aniversário, uma cerimônia será realizada na unidade nesta sexta-feira (06.10), a partir das 19 horas.

No evento, a trajetória do projeto será apresentada ao público e atletas destaques receberam títulos. Além disso, em reconhecimento às parcerias firmadas ao longo dos anos, colaboradores e voluntários que participaram deste contexto histórico e auxiliaram no desenvolvimento das atividades serão homenageados.

A arte marcial é uma proposta de inserção e aproximação da unidade com a comunidade. Para o comandante, tenente coronel PM Ronaldo Roque, “o maior legado é o conhecimento deixado a esses jovens para a construção de um futuro saudável”.

Judô Bope

Criado em 5 de out de 2010, o projeto atende crianças e adolescentes entre 4 e 18 anos com oferta gratuita de atividades físicas de Judô.

As vagas são abertas anualmente e anunciadas no portal da Polícia Militar (www.pm.mt.gov.br). Para participar das atividades o candidato deve estar devidamente matriculado em uma instituição de ensino e apresentar frequência regular. As aulas são realizadas três vezes na semana e duram cerca de 1 hora.

Conquistas

Nos anos de 2015 e 2016, dois atletas foram destaque em competições estaduais, nacionais e internacionais.

Gabriel Feslky foi campeão nos EUA, quarto colocado no Campeonato Nacional, campeão estadual e terceiro lugar na Copa São Paulo, na categoria sub-15.

A judoca Maria Helena Mânica, na categoria sub-18, conquistou o título de campeã estadual, e na disputada com atletas de todo o Brasil, alcançou o quinto lugar.

A mais recente conquista é da estudante Luana Cândido, de 12 anos. Em agosto deste ano, a atleta conquistou a medalha de bronze no Campeonato Brasileiro de Judô na categoria sub-13. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114