» mais
Comentar           Imprimir
Esporte
Sexta, 31 de agosto de 2018, 12h23

Depois de campeonato na China, atleta cuiabana almeja Pan-Americano


.

A atleta cuiabana de kung fu, Brenda Silva dos Santos, participou do Campeonato Mundial Universitário de Wushu Fisu, que aconteceu neste mês em Macau, na China. Aos 20 anos, Brenda foi convocada para representar o Brasil no mundial – o terceiro de sua vida.

Inicialmente sem a possibilidade de patrocinadores, a atleta e estudante de Educação Física, que há seis anos integra a seleção brasileira da modalidade, arrecadou o dinheiro necessário para a viagem por meio de patrocínios, uma vaquinha na internet e a venda de rifas.

Com o apoio da Qualycare – empresa especializada em home care, remoções e atendimento pré-hospitalar –, ela compareceu ao campeonato mais importante de sua vida.

"Mesmo sendo o meu primeiro campeonato mundial como adulta, foi também o meu melhor desempenho. Competi em duas categorias – espada e lança – e conquistei uma das minhas maiores realizações enquanto atleta: o certificado recebido pelos oito melhores atletas do mundo", disse Brenda, que acumula mais de 300 medalhas.

Ela não só arrematou o oitavo e nono lugares nas categorias lança e espada, respectivamente, como também viveu a oportunidade de competir com atletas que a servem de inspiração. "Conheci pessoalmente atletas medalhistas, que já são reconhecidos, e que eu assistia por vídeo", reiterou.

O APOIO – Filha de pais instrutores e atletas, Brenda disse que apesar do apoio emocional e psicológico da família, sempre internaliza a preocupação com o suporte financeiro de suas participações em campeonatos mundiais. Além de contar com o amparo de empresas como a Qualycare, a atleta também recebeu a ajuda de pessoas anônimas, por meio de uma vaquinha virtual.

Segundo ela, a dedicação exclusiva aos treinos – sem a preocupação com questões financeiras que norteiam a atuação de atletas independentes – auxilia em um melhor desempenho; já que, apesar de fazer parte da seleção brasileira, os custos da estadia devem ser pagos pelo próprio competidor.

"Manter um atleta profissional é difícil. Vejo como importantíssimo o apoio financeiro e o suporte concedido por patrocinadores ou empresas que contribuem de alguma forma", reforçou.

Após o belo desempenho no Campeonato Mundial Universitário de Wushu Fisu, Brenda já almeja classificações futuras. Recém-chegada da China, ela confirma a participação no Pan-Americano de Wushu, campeonato previsto para acontecer em novembro de 2018, na cidade de Buenos Aires.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114