» mais
Comentar           Imprimir
Esporte
Segunda, 15 de outubro de 2018, 20h31

Corrida do Trabalho movimenta Sinop contra o trabalho infantil


.

A manhã nublada e chuvosa poderia ter sido um convite para ficar em casa no feriado de Nossa Senhora Aparecida, celebrado na última sexta-feira (12), Dia das Crianças. Não para os quase 350 competidores da etapa Sinop da Corrida do Trabalho 2018, que resolveram pular cedo da cama, ir para as ruas participar do evento e ajudar a divulgar a mensagem contra a exploração da mão de obra infantil.

Eles se concentraram no entorno do estádio Gigante do Norte ainda sob chuva. Logo após as 7h da manhã, o grupo largou e percorreu algumas ruas da cidade num trajeto de 6km. Pouco tempo depois, retornaram ao mesmo local de saída para receber a medalha, já sob o brilho do sol.

A prova, realizada pela primeira vez fora da capital mato-grossense, contou com a participação não só de moradores da cidade, mas também de toda a região. É o caso de Fagno José da Silva, que saiu de Nova Mutum, a 240km de distância, para conquistar o primeiro lugar na categoria masculina. Ele concluiu o percurso em 21 minutos e 14 segundos.

Sua colega Maria do Rosário viajou um pouco menos (148km). De Lucas do Rio Verde, ela foi até Sinop para ser recompensada com a primeira colocação entre as mulheres, alcançada com o tempo de 24 minutos e 45 segundos.

Rosário, que compete de forma amadora em provas da região há cerca de cinco anos, elogiou a corrida. Ela também aprovou o tema escolhido para a prova, algo “muito importante para conscientizar que criança tem que ficar na escola e não no trabalho, que é coisa de adulto”.

Idealizada pelo TRT de Mato Grosso e Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) e realizada pela Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho no estado (Amatra23), a corrida busca trazer à discussão temas importantes. Na primeira edição, em 2016, o foco foi os acidentes de trabalho. Neste ano, o combate ao trabalho infantil deu o tom na prova realizada no primeiro semestre em Cuiabá e, agora, na etapa de Sinop.

Para a juíza da 5ª Vara do Trabalho de Cuiabá, Eleonora Lacerda, que representou o TRT mato-grossense, o evento teve um significado especial justamente por interiorizar o tema escolhido. “É uma corrida que não tem finalidade lucrativa, então, a gente faz isso como uma forma de conseguir um espaço para passar a nossa mensagem”, disse.

A procuradora do MPT Thalma Furlanetti, que atua em Sinop, lembrou que 2,7 milhões de crianças e adolescentes na faixa de 5 a 17 anos estão em situação de trabalho, segundo dados do IBGE de 2015. Dessas, apenas 15% se encontram em situação regular. Assim, a corrida é importante por “marcar a reflexão sobre o combate ao trabalho infantil, para que as crianças e adolescente não comemorem seus direitos apenas no Dia das Crianças, mas também em todo o seu desenvolvimento”, destacou.

Kids

Além da prova para o público adulto, o evento em Sinop contou ainda com uma etapa voltada exclusivamente a crianças. Ao todo, cerca de 550 estudantes da rede municipal de ensino participaram das provas kids, que ocorreram na tarde desta sexta-feira, em frente ao estádio Gigante do Norte.

A Corrida do Trabalho contou com o apoio do Grupo de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Getrin), da Comissão para Erradicação do Trabalho Infantil da Justiça do Trabalho (CETI), da TV Centro América e da Prefeitura de Sinop.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O futuro político de Pedro Taques será:

Candidato a prefeito de Cuiabá em 2020
Voltar a operar na área de Direito
Não me interessa, problema dele.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114