» mais
Comentar           Imprimir
Esporte
Terça, 04 de dezembro de 2018, 20h32

Rede de Frente abre inscrições para Segunda Corrida Maria da Penha


Estão abertas as inscrições para a Segunda Corrida Maria da Penha - Pelo fim da violência doméstica, em Barra do Garças. A prova ocorrerá no dia 09 de março e os interessados terão até o dia 27 de fevereiro para se inscrever no site (www.chiptiming.com.br). Serão R$ 16 mil em prêmios e o percurso será de 5 Km.

O evento é uma realização da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica Contra a Mulher de Barra do Garças e Pontal do Araguaia e Unimed, com o apoio da Universidade Federal de Mato Grosso, Federação de Atletismo de Mato Grosso e Associação de Atletismo de Barra do Garças.

De acordo com o Edital da corrida, a prova será dividida em sete categorias, ambas no sexo masculino e feminino. São elas: geral; de 14 a 19 anos; de 20 a 29 anos; de 30 a 39 anos; de 40 a 49 anos; de 50 a 59 anos; e a partir de 60 anos. Serão três lotes de inscrições com valores que variam de R$ 20, 00 a R$ 30,00. Idosos terão desconto de 50% no valor da inscrição.

“Do valor líquido (após abatido o valor do boleto bancário) arrecadado com as inscrições para a II Corrida Maria da Penha será doado o percentual de 30% sobre o montante, para a Associação de Combate ao Câncer de Barra do Garças – Barra Mama”, diz o edital.

A Segunda Corrida Maria da Penha também terá a caminhada em prol da Defesa dos Direitos da Mulher e contra a violência de gênero/doméstica e familiar. Além da comemoração ao Dia Internacional da Mulher (08/03). Após 1h30 da largada da corrida, começará a caminhada, com percurso de 1,5 km.

A participação na caminhada será gratuita. Àqueles que quiserem adquirir a camiseta oficial pagará uma taxa de R$ 20,00.

REDE DE FRENTE: O Ministério Público do Estado de Mato Grosso é um dos parceiros da Rede de Frente que há cinco anos vem trabalhando no enfrentamento à violência doméstica contra a mulher. A associação desenvolve suas atividades dentro de cinco eixos de atuação: Rede de atenção/proteção social na violência doméstica; Aplicação humanizada do procedimento legal; Educação Permanente dos agentes sociais; Núcleo acadêmico de pesquisa; Prevenção e sensibilização social.

Este ano, a “Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Barra do Garças e Pontal do Araguaia” conquistou o segundo lugar no Prêmio CNMP, categoria Indução de Políticas Públicas.


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sobre taxação do agronegócio em MT, o que você sugere?

Não deve ser taxado e fica como está.
Muda o discurso e industrialize
Apenas fogo de palha. Logo se acertam.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 98431-3114