» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Segunda, 08 de maio de 2017, 10h24

Médica obstetra recomenda que cuidados com a saúde comecem antes da gravidez


Os nove meses de gestação e o período de pós-parto exigem mais cuidados com a saúde das mães. Planejar este período de geração da vida é um conjunto de hábitos que passa pela boa alimentação, prática de exercícios físicos, renuncia ao estresse e a valorização de boas noites de sono. Outro cuidado é não criar a fixação de que esse período invalide a mulher, como se ela estivesse doente, mas, por se tratar de um processo de mudanças e adaptação, requer atenção especial.

No mês das mães, a médica ginecologista e obstetra Bruna Fagundes Teixeira, que atua no Hospital e Maternidade Femina, ressalta que os cuidados com a saúde devem começar já no planejamento da gravidez, com pelo menos três meses de antecedência.

"Cuidados como suplementação de vitaminas, vacinação, alimentação saudável e exercícios físicos são fundamentais. É importante o acompanhamento médico para que os riscos sejam mitigados ou até mesmo eliminados, como em casos de mulheres que possuem algum tipo de doença crônica ou que tomam medicamentos controlados. Até mesmo alguns produtos com finalidade estética podem ter uso restrito ou proibido na gestação", pondera a especialista.

Alimentação – O cuidado com o peso é de extrema importância no período gestacional. "É comum escutar aquela frase de que grávida come por duas pessoas. Isso é um mito. Alimentar-se de forma saudável e se manter no peso ideal auxilia na redução do risco de algumas doenças maternas e fetais, como diabetes e hipertensão, além de diminuir os desconfortos causados pela gestação, e tem seu benefício também no parto e pós parto, além do período de amamentação, já que os nutrientes são passados pelo leite para o bebê", explica Bruna Fagundes.

Alguns alimentos devem ser evitados, como bebidas alcoólicas, fritura, industrializados, temperos químicos ou corantes e carnes mal passadas. "Na verdade a maioria destes alimentos devem ser evitados ou banidos da alimentação em qualquer momento da vida, afinal não ajudam a saúde", exemplifica a médica.

Sem estresse – A gravidez também é um período de maior instabilidade emocional, isso se deve ao aumento de diversos hormônios que influenciam o temperamento e o comportamento da gestante.

"É comum aumentar também a ansiedade e a sensação de cansaço. Por isso, é importante respeitar esses momentos e descansar, relaxar quando o corpo pede", pondera Bruna Fagundes.

A médica recomenda alguns exercícios de relaxamento como Yôga, meditação e hidroginástica. "Dormir bem, e evitar ambientes com barulho excessivo também garantem mais qualidade de vida durante a gravidez".

Planejamento – O Hospital e Maternidade Femina oferece aos pacientes a possibilidade de conhecer a estrutura física da unidade. Casais que planejam ter um filho têm a possibilidade de marcar visita ao hospital para conhecer a estrutura médica e clínica, assim como os espaços da sala de parto, berçário e toda assistência que é necessária para que um dos momentos mais importantes da vida seja cheio de cuidados e carinho. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114