» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Segunda, 08 de maio de 2017, 13h46

SES ministra oficina de capacitação para monitorar comércio de alimentos para lactantes e crianças


De 8 a 10 de maio profissionais da Secretaria de Estado de Saúde e da Vigilância Sanitária Municipal de Cuiabá e de Várzea Grande participam na Escola de Saúde Pública de Mato Grosso da Oficina de Capacitação da Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactantes e Crianças de 1ª Infância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras (NBCAL).

A NBCAL é um conjunto de normas que regula a promoção comercial e a rotulagem de alimentos e produtos destinados a recém-nascidos e crianças de até 3 anos de idade, como leites, papinhas, chupetas e mamadeiras. O seu objetivo é assegurar o uso apropriado desses produtos para que não ocorra interferência na prática do aleitamento materno.

Serão três dias de troca de saberes e vivências a respeito da Lei Federal no 11.265/2006, regulamentada pelo Decreto no 8.552, que dispõe sobre a comercialização de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância e de produtos de puericultura correlatos.

Participarão como facilitadores da Oficina, os técnicos do Ministério da Saúde, a Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar (IBFAN Brasil) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Este evento é uma iniciativa do Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde para a articulação de práticas e saberes que incentivem o aleitamento materno no Estado de Mato Grosso.

De acordo com o técnico Rodrigo Carvalho, da Superintendência de Atenção à Saúde e responsável pelo tema Aleitamento Materno, todos os esforços deverão estar direcionados para a promoção e fortalecimento da prática do aleitamento materno, sabidamente uma estratégia natural de vínculo, afeto, proteção e nutrição para a criança, contribuindo sobremaneira na redução da morbimortalidade infantil.

Confira a programação no link abaixo:

PROGRAMAÇÃO 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114