» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Segunda, 15 de maio de 2017, 10h41

Secretaria de Saúde apresenta balanço das políticas de saúde para as mulheres


A Secretaria de Estado de Saúde participou do V Seminário de Políticas Públicas para Mulheres, organizado pelo Conselho Estadual de Direitos da Mulher, fazendo um balanço das políticas de saúde para as mulheres que foram implantadas no Estado. Com destaque para a adesão dos 141 municípios do Estado à Rede Cegonha, que garante a realização de novos exames durante o pré-natal, a aquisição de testes rápidos de gravidez e o acompanhamento da criança até os 02 anos de idade.

Na próxima semana, uma equipe técnica do Ministério da Saúde estará em Cuiabá para discutir o processo de avaliação das maternidades contempladas na Rede Cegonha, com o objetivo de oferecer uma assistência humanizada a mães e bebês.

¿Para o fortalecimento da assistência ao planejamento reprodutivo para mulheres e homens, a SES distribui regularmente a todos os municípios os métodos contraceptivos (pílula combinada, minipílula, pílula de emergência, DIU, diafragma, injetável mensal e trimestral), além de orientar os municípios para o credenciamento de serviços hospitalares para realização de laqueaduras tubárias e vasectomias.

Outra ação implantada pela SES/MT refere-se ao plano de oncologia que será discutido junto com MT Mama e ao Conselho Estadual ¿de¿ Direitos da Mulher, para ¿que estes apresentem suas contribuições.

No ¿enfrentamento ¿à violência sexual, a SES/MT fomenta a implantação, nos municípios, de serviços mais humanizados no atendimento às vitimas.¿ Mato Grosso possui 53 unidades cadastradas para o atendimento multiprofissional. No Hospital Universitário Júlio Müller, uma equipe foi capacitada pelo Ministério da Saúde visando à implantação da unidade de Coleta de Vestígios, que possibilitará a coleta e o armazenamento de material biológico por tempo indeterminado.

¿"¿Os serviços de saúde não irão substituir as funções e atribuições da segurança pública, como a medicina legal, por atuarem de forma complementar e integrada. É importante registrar ¿que os profissionais do SUS realizarão o exame físico, a descrição das lesões e o registro de informações e a coleta de vestígios. Se a mulher vítima de violência decidir pelo registro policial, tais informações e materiais serão encaminhados à autoridade policial¿"¿ destacou Aline Ribeiro¿.

Recentemente, a secretaria de Estado de Saúde implantou o Comitê Estadual de Equidade e Educação Popular em Saúde, integrado por profissionais do governo e da sociedade civil. Esse Comitê ¿discute as necessidades de elaborar propostas que visem promover a equidade na atenção à saúde de pessoas da população negra, LGBT, do campo, floresta e das águas, população em situação de rua, privadas de liberdade, população cigana e povos indígenas.

No que diz respeito às ações de prevenção, tratamento e controle das DST, HIV/AIDS destacou-se os 12 Serviços de Atenção Especializada – SAE existentes no Estado, bem como a articulação para implantação de novos SAE em 04 municípios.

Visando a promoção da atenção à saúde mental das mulheres, o Estado conta com 46 Centros de Atenção Psicossocial para atendimento de mulheres em sofrimento psíquico decorrente de transtornos mentais, incluindo aqueles relacionados ao uso de álcool e outras drogas.

De acordo com Aline Ribeiro, as ações da secretaria de Estado de Saúde são voltadas para a integralidade e a promoção da saúde da mulher como princípios norteadores, buscando garantir os direitos sexuais e reprodutivos, com ênfase na atenção obstétrica, no planejamento reprodutivo, no combate a violência sexual, agregando também a prevenção e o tratamento das mulheres vivendo com hiv/aids e aquelas portadoras de doenças crônicas. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114