Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Saúde
Quinta, 12 de outubro de 2017, 09h07

Brasileiros formados no exterior reforçam Mais Médicos em 800 municípios


O programa Mais Médicos passou a contar, a partir desta semana, com cerca de 1.400 novos médicos brasileiros formados no exterior. Com esse reforço, somando também aqueles com diplomas do País, já são 8.316 brasileiros no programa, o que representa 45,6% do total.

O Ministério da Saúde pretende ampliar a participação nacional, possibilitando que a iniciativa seja mais independente. O número de médicos brasileiros participantes do Programa Mais Médicos aumentou 44% em menos de um ano.

São Paulo é o estado que recebe o maior número de profissionais. Serão 340 novos médicos. Na sequência dos destinos com maiores quantidades vêm Rio Grande do Sul (151), Paraná (139), Minas Gerais (129) e Bahia (117). A estimativa do Ministério da Saúde é de que cerca de 4,8 milhões de pessoas possam ser atendidas em 800 municípios pelo Brasil.

A meta do Ministério da Saúde é ampliar o processo de substituição, reduzindo o número de profissionais de outros países de 11,4 mil para 7,4 mil até 2019.

Em cidades com até 10 mil habitantes, o Mais Médicos fornece quase metade dos profissionais. Em 1.100 municípios, a atenção básica é feita exclusivamente por contratados pelo programa.

Preparo

Os novos médicos passaram, durante o mês de setembro, pelo módulo de acolhimento. Houve oficinas educacionais sobre temas diversos, como legislação referente ao Sistema Único de Saúde (SUS), protocolos clínicos de atendimento, língua portuguesa e código de ética médica.

Ao final, foi aplicada uma avaliação de conhecimento, indispensável para a aprovação do profissional participante.

 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114